Connect with us

Caminhões

Michelin Connected Fleet mostra a importância da inovação na cadeia de transportes

Published

on

Marca apresentou como a tecnologia pode transformar o potencial das frotas no Brasil na 4ª edição do Logística do Futuro

A Michelin Connected Fleet, empresa brasileira especializada em tecnologia para gestão de frotas do Grupo Michelin e referência em inovação e mobilidade sustentável no país, acaba de levar à 4ª edição do Logística do Futuro sua visão sobre o transporte de carga do futuro e suas inovações para contribuir com o desenvolvimento sustentável da logística no país. O evento realizado na última semana no Centro de Convenções Frei Caneca, na cidade de São Paulo, contou com diversos players do mercado, com objetivo de apresentar as últimas tendências, desafios e oportunidades para o mercado, que está em constantes mudanças.

Destaque no setor logístico, a feira contou com uma série de palestras, painéis de discussão e atividades interativas, com especialistas renomados, líderes empresariais e profissionais experientes. Representando a Michelin Connected Fleet no painel “Inovação em Transportes: Mais que tecnologia, resultados”, o diretor de marketing e televendas João Guilherme Freitas Franco apresentou perspectivas do transporte e desafios do setor de transporte no Brasil: “Nós sabemos quanto o transporte rodoviário é importante para o escoamento da produção no País, com 75% de participação, mas a malha rodoviária ainda tem muito espaço para desenvolvimento. Além de qualidade e extensão das estradas e com a complexidade desses desafios, quem atua na cadeia de transporte precisa se tornar cada vez mais eficiente”.

Complementando, João Guilherme citou que outro grande desafio é a segurança: “Identificamos uma diminuição na curva de roubos e a curva de adoção de tecnologias inversamente proporcional, focando na prevenção e na recuperação. Por outro lado, temos o movimento de mercado last mile, que é um reflexo dessa busca por eficiência que tem uma perspectiva de crescimento de até 17,6% nos próximos cinco anos”.

O painel, que discutiu a importância do mindset de inovação aliado à decisão baseada em dados e como os avanços tecnológicos impactam o setor logístico, contou ainda com a participação de Paulo Costa – CEO do Cubo Itaú, Julio Manzano – head de Logística da Shein e mediação de Anderson Pinheiro – diretor de Transportes da Pepsico. “Precisamos extrair valor da tecnologia e olhar pra fora contando com parceiros estratégicos, para juntarmos forças e mudar o patamar da logística no Brasil”, comenta o executivo da MICHELIN Connected Fleet.

A edição do evento este ano também contou com uma área de exposição que reuniu mais de 50 empresas patrocinadoras e novos players do mercado, trazendo visões de todo ecossistema do transporte. A Michelin Connected Fleet foi uma das empresas presentes com estande, apresentando suas soluções para transformar o potencial da frota no mercado. O Smart Reports 2.0, solução que monitora a emissão de CO2 dá uma visão da performance da operação contribuindo para uma redução de até 13% dos custos; as Smart Cameras, ferramenta de gestão do comportamento do motorista que pode levar a um patamar de zero acidente na operação; o ecossistema de Inteligência de Recuperação para segurança de cargas e veículos com índices de recuperação que chegam a 96% e zero perda de carga por temperatura; a Torre de Controle, um simulador para controle de jornada, gestão logística e aumento da produtividade, recém lançado no México e diminuem em 20% o tempo de veículo parado ligado; e a Carreta Conectada Avançada para monitoramento da temperatura e pressão dos pneus, melhoria de performance e redução de 60% de danos em pneus.

Tecnologias avançadas transformam o potencial da frota, independente do desafio enfrentado pelo transportador. Diferentes tipos de carga e região trazem cenários específicos que o time Michelin Connected Fleet está sempre próximo para entender e propor qual solução é a mais adequada. O que elas têm em comum é que impactam positivamente performance financeira dos clientes, redução de emissão de CO2 para o bem do planeta e preservação de vida dos motoristas e todos que estão ao redor. Hoje, com a agenda ESG cada vez mais presente e tornando-se uma exigência do mercado, a tecnologia aporta valor em todos os pilares e os resultados mensurados auxiliam na definição e evolução da governança.

Continue Reading
Click to comment

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Leia também