Connect with us

Marcopolo

Ônibus elétrico Marcopolo inicia fase final de homologação em São Paulo

Published

on

Duas diferentes versões serão homologadas inicialmente para operar na maior cidade do Brasil

A SPTrans (São Paulo Transportes), que gerencia o sistema de ônibus da capital paulista, inicia nesta segunda-feira (28) a fase final do processo de homologação do ônibus Marcopolo Attivi Integral. Serão duas versões a serem homologados para operar na cidade de São Paulo: eBásico e ePadron.

“É muito importante a homologação pela SPTrans, pois ela é uma referência nacional para diversas outras cidades. O modelo havia sido homologado em âmbito nacional, mas cada município tem uma legislação diferente, o que exige a adequação à norma de cada cidade”, explica Luciano Resner, diretor de Operações Industriais e Engenharia da Marcopolo.

A homologação está prevista para ser realizada entre os dias 28 de agosto e 1º de setembro, para a versão eBásico, e entre os dias 25 e 29 de setembro para a versão ePadron, e consta de quatro testes que envolvem o desempenho operacional, desempenho energético, segurança de frenagem e direção, e o consumo e regeneração da bateria. O ônibus Marcopolo será testado em regiões da Zona Leste de São Paulo e na linha 6030-10 (Unisa – Campus 1/Terminal Santo Amaro), que tem cerca de 30 quilômetros de extensão.

“Após a primeira etapa, de inspeção técnica estática, realizada com sucesso em Caxias do Sul, com as adequações já implementadas, seguimos com o objetivo de homologar o produto Attivi Integral no sistema SPTrans, nos modelos eBásico e ePadron. Assim, nossa expectativa é que os operadores possam adquirir e colocar em operação o Attivi Integral ainda no último trimestre do ano”, explica o executivo.

Attivi Integral

O modelo Attivi Integral, que pode ter até 13.000 mm de comprimento total, possui chassi Low Entry, equipado com motor elétrico de potência máxima de 350 kW e torque de 3.300 Nm, eixos dianteiro e traseiro ZF, suspensão a ar, sistema de freios Knorr e baterias CATL com capacidade de 396 kWh e autonomia entre 250 e 280 km (dependendo das condições de utilização).

Para maior conforto e segurança dos passageiros, conta com carregadores USB, sistemas de ar-condicionado incorporado ao sistema de refrigeração das baterias, de áudio interno, com preparação para a instalação do microfone, e sistema de câmera de ré com sirene e monitor no painel do motorista, além de câmera interna de segurança com gravação. Possui espaço reservado para PcD e assentos preferenciais, iluminação interna toda em LED, faróis e sinaleiras traseiras em LED e cabine de separação para o motorista.

Continue Reading
Click to comment

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Leia também