Camilo e Barrichello vencem em Campo Grande. Serra permanece na liderança

Enquanto primeira prova foi tranquila e bem disputada, segunda corrida contou com muitos acidentes e intervenções do safety car

Thiago Camilo e Rubens Barrichello foram os grandes nomes da etapa de Campo Grande da Stock Car, que marcou a metade da temporada 2019. Mas foi Daniel Serra quem saiu da Cidade Morena ainda líder do campeonato, embora sua vantagem tenha caído de 21 para 15 pontos sobre Ricardo Maurício no topo da tabela.

Em meio a muitas homenagens ao Dia dos Pais, Camilo, um dos papais mais novos do grid, fez valer a pole position conquistada no sábado e suportou uma pressão enorme de Julio Campos até o final da corrida. Campos bem que tentou, mas Camilo segurou no braço e recebeu a bandeirada com apenas 0s286 de vantagem. Cacá Bueno completou o pódio. Ao fim da prova, ao dedicar a vitória para a filha Luísa, Thiago sentiu o peso da emoção de seu primeiro Dia dos Pais com vitória e não conteve as lágrimas.

Feliz Dia dos Pais

“Poder dar esse presente para minha filha me deixa muito feliz. Vencer quatro corridas de nove disputadas até o momento é algo raro na Stock Car e valorizo muito. Optamos em focar na Corrida 1. Tive de usar todos os botões de ultrapassagem para segurar o Campos e, com isso, sacrifiquei a prova 2. Mas não deixa de ser um resultado muito positivo”, comemorou.

Fortes acidentes – Se a Corrida 1 foi tranquila, o mesmo não pode ser dito da bateria seguinte, que contou com alguns dos acidentes mais fortes da temporada – e que ajudaram a determinar o resultado final. Por conta da batida entre Valdeno Brito e Cesar Ramos, Barrichello jogou com a estratégia e conseguiu retornar da parada de box à frente de Ricardo Maurício, que liderava antes da janela de pit stops.

Vitória apertada

Ricardo Mauricio teve a oportunidade de retomar a ponta após uma batida envolvendo Bia Figueiredo e Pedro Cardoso, que provocou uma nova entrada do safety sar. No entanto, Mauricio teve de se defender dos ataques de Gabriel Casagrande e isso deu tranquilidade para que Barrichello recebesse a bandeirada com 1s325 de vantagem.

“Muito bom estar com o Dudu aqui comigo. Ele participou de tudo, foi muito legal”, disse o ex-piloto da Ferrari, referindo-se ao filho presente no autódromo. “E ganhar foi fechar com chave de ouro nosso trabalho no fim de semana. Fizemos uma de nossas melhores estratégias, passei (os rivais) nos boxes com uma parada perfeita e comemorei dentro do carro quando vi os demais pilotos ainda entrando na reta”, completa Rubinho.

Situação do campeonato

Daniel Serra foi oitavo e quinto colocado nas duas corridas, passando a somar 190 pontos, contra 175 de Mauricio e 169 de Campos. Mesmo com as vitórias, Barrichello e Camilo ocupam a quarta e quinta posições na tabela, respectivamente, com 168 e 166 pontos. A próxima etapa da Stock Car será a Corrida do Milhão, corrida de maior prestígio do automobilismo brasileiro, marcada para o dia 25, em Interlagos.

Deixe uma resposta