Autos Giros com Honda HR-V ELX 2019

Sucesso desde o lançamento, SUV recebeu melhorias acima do esperado e incluem novo acerto mecânico e visual renovado. Nível de consumo, segurança e dirigibilidade também evoluem

Daniel Jacques

Lançado em 2015, o Honda HR-V trouxe uma série de inovações ao segmento de SUVs no Brasil. Tanto é verdade que em 2016, seu primeiro ano completo no mercado, ele já assumiu a liderança entre os utilitários esportivos, repetindo a dose em 2017 e chegando ao segundo lugar entre seus pares em 2018, ainda que por uma diferença de menos de 100 unidades. Este resultado expressivo é consequência do pacote diferenciado que o SUV já chegava oferecendo, que incluía diversos equipamentos de segurança, conforto e praticidade, além da motorização 1.8, que o mantinha sempre pronto para qualquer ocasião.

Contudo, como é de praxe, a Honda não estava satisfeita e resolveu melhorar o que já superava as expectativas. Por isso, na linha 2019 o SUV da marca japonesa trouxe uma série de mudanças, desde um design renovado, interior com novos bancos e novo acerto mecânico. “O carro teve muitas melhorias, não só estéticas mas também de estrutura e de conforto. São coisas que o cliente vai perceber somente ao dirigir”, destaca Eduardo Narciso, gerente comercial da concessionária Honda Zensul, de Porto Alegre.

Ainda mais esportividade e sofisticação

As novidades começam já na nova frente, que traz nova grade frontal cromada, mais alta e com faróis integrados e com DRL de série. O para-choque também foi atualizado, destacando mais os faróis de neblina, assim como as rodas de liga leve de 17 polegadas, agora com o mesmo desenho do irmão norte-americano e acabamento diamantado. Seguindo as modificações, os retrovisores externos ganharam rebatimento elétrico e função tilt-down. Na traseira, novas lanternas também com LEDs com máscara negra conferem ainda mais esportividade e robustez ao SUV da marca japonesa.

O interior também está mais sofisticado, com acabamento em black piano brilhante e molduras cromadas nas maçanetas, portas e alto-falantes. Essas modificações, apesar de simples, dão uma cara mais elegante e sofisticada ao modelo, que também ganhou bancos dianteiros com apoios mais robustos, aumentando o prazer de dirigir.

O porta-malas de 437 litros ilustra o amplo espaço interno para todos os passageiros, e o isolamento acústico bastante melhorado garante maior conforto e segurança. A versão EXL, topo de linha até a chegada da Touring – prevista para este ano – e testada pelo Autos Giros, traz seis airbags, sistema ISOFIX, bancos de couro, duas portas USB e central multimídia com tela de sete polegadas compatível com Android Auto e Apple Carplay.

Amplo pacote de tecnologia e segurança

O console central elevado com tela multimídia de sete polegadas touchscreen também agrada a todos os ocupantes. O volante multifuncional traz funções como controle de velocidade de cruzeiro, comandos do sistema de som e o sistema hands free telephone.

O freio de estacionamento passa a ser eletrônico e, por isso, ganha a função break hold (que mantém o carro parado, mesmo em aclives, até que o motorista pise no acelerador). A lista de itens de série segue com ar-condicionado digital touchscreen, vidros elétricos com subida automática e sensor crepuscular, que acende os faróis automaticamente ao detectar baixa luminosidade externa.

A linha 2019 do SUV traz ainda a tecnologia Magic Seat de rebatimento dos bancos, que permite até mesmo levantar os assentos traseiros, disponibilizando espaço na altura do interior do carro.

Mecânica aprimorada sem mudar a motorização

O Honda HR-V segue equipado com o motor 1.8 16V i-VTEC Flex de 140 cavalos de potência e 17,4 kgfm de torque. O câmbio CVT que simula sete marchas (nas trocas com paddle shifts no volante) tem nova programação, mais eficiente principalmente em acelerações.

Além disso, os novos amortecedores e o novo acerto de suspensão garantem uma condução mais suave. O SUV da montadora japonesa traz ainda freios a disco com ABS/EBD, direção elétrica progressiva, sistema de tração VSA desenvolvido pela própria Honda, assistente de partida em rampa, câmera de ré com três ângulos de visão e a tradicional maçaneta externa traseira “invisível”.

Um SUV pronto para voltar à liderança

Mesmo sendo um líder de vendas desde o seu lançamento, o Honda HR-V surpreende pela melhora que recebeu na linha 2019. O fato de não ter mudado a motorização e de o visual externo parecer basicamente o mesmo, é ao entrar no carro que as diferenças começam a aparecer.

Primeiro, claro, pelo novo acabamento e itens de série, mas principalmente ao ligar o motor e sentir o carro mais na mão. O resultado é um consumo médio de 13,5 km/l na estrada e 9,5 km/l na cidade, bastante expressivo para um SUV.

Falando do segmento em que disputa, o SUV poderia, pelo menos em sua versão top, trazer sensor de estacionamento traseiro (sonoro) e visão dinâmica na câmera de ré. Mesmo assim, com preços a partir de R$ 92.500 na versão de entrada EX – R$ 108.500 na testada EXL – o Honda HR-V traz características para, como disse o gerente comercial da concessionária Honda Zensul, Eduardo Narciso, “se vender sozinho”.

Ficha técnica: Honda HR-V EXL 2019


Motor/Performance

Motorização: 1.8 Flex
Potência: 140 cv @ 6.300 rpm Torque: 17,4 kgfm @ 5.000 rpm
Velocidade Máxima (Km/h): 175 0-100 km/h (s): 11,2
Consumo cidade (km/l): 9,5 Consumo estrada (km/l): 13,5

Dimensões

Altura (mm): 1586 Largura (mm): 1772
Comprimento (mm): 4329 Entre-eixos (mm): 2610
Tanque (L): 51 Porta-malas (L): 437
Pneus: 215/55 R17 Rodas: Liga leve de 17 polegadas

Mecânica

Transmissão: CVT (sete velocidades no paddle shift)
Tração: Dianteira
Direção: com assistência elétrica
Suspensão dianteira: Independente tipo McPherson
Suspensão traseira: Eixo de torção
Freios dianteiros: Disco ventilado
Freios traseiros: Discos sólidos

Preço: A partir de R$ 108.500

Deixe uma resposta