Dias de Fórmula 1 | Hamilton pentacampeão mundial

Daniel Dias

Daniel Dias

www.diasaovolante.com

O inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, chegou em quarto lugar no GP do México mas o título de pentacampeão já tinha sido garantido há muito tempo, desde que o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, errou no GP da Alemanha, quando estava em primeiro, e o inglês partiu, no mesmo momento, para uma arrancada espetacular no Mundial deste ano. Com a conquista no México, Hamilton se iguala ao argentino Juan Manuel Fangio com cinco títulos e parte atrás das marcas do alemão Michael Schumacher e seus sete campeonatos e 91 vitórias. Para Hamilton, faltam dois títulos e 20 vitórias para se tornar um dos maiores pilotos de todos os tempos também nos números.

Na comemoração do penta, a imagem mais bonita no Circuito Hermanos Rodriguez foi o cumprimento de Vettel a Hamilton, registrado pelas imagens de TV para todo o planeta aplaudir em pé. Vettel cumprimentou o pentacampeão com toda a sinceridade e Hamilton agradeceu também em meio a sorrisos de ambos. Logo depois, Hamilton saiu correndo em busca do box da Mercedes, para abraçar literalmente a todos os integrantes da equipe.

A corrida no Hermanos Rodriguez teve uma boa largada de Hamilton, que superou o pole position, o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, mas não conseguiu segurar o avanço do Max Verstappen. O holandês da Red Bull assumiu a ponta e permaneceu lá até a bandeirada de chegada, sem ser incomodado por ninguém. Vettel largou na quarta posição e foi subindo até chegar em segundo, ajudado pela quebra de motor de Ricciardo.

O GP do México foi marcado pelo desgaste excessivo dos pneus de todo mundo. A equipe que mais sofreu foi justamente a Mercedes. Com isso, a escuderia alemã jamais esteve entre as protagonistas da prova. No entanto, para Hamilton, isso de nada importava. O inglês agora pentacampeão da Fórmula-1 – de fato e de direito – se preocupou apenas em levar seu carro à bandeirada final, ainda mais que Vettel não chegaria à primeira colocação, única posição que ainda poderia impediria o título de Hamilton no México. O pódio foi fechado com Raikkonen, vencedor da prova anterior, nos EUA, e único a fazer só uma troca de pneus no México.

Parabéns, Lewis Carl Davidson Hamilton, nascido em Stevenage no dia 7 de janeiro de 1985 (33 anos)! Você é um dos grandes esportistas de todos os tempos e de todos os esportes. Logo após a bandeirada de chegada do GP do México, a transmissão da TV colocou no ar e no rádio de Hamilton uma gravação do ator norte-americano Will Smith, saudando o novo pentacampeão mundial. Hamilton tem 226 GPs disputados, cinco títulos, 71 vitórias, 81 poles positions e o selo de um dos maiores pilotos de todos os tempos. Como seu ídolo, Ayrton Senna, que o inglês nunca esquece de lembrar.

Deixe uma resposta