Mundo Premium | Cayenne em subida

Ele foi um dos destaques da semana no Auto Aventura (estamos no www.autoaventura.com.br). E lembramos que a Porsche pegou carona no sucesso que os SUVs têm no Brasil. Está na dela, claro. E traz a terceira geração do Cayenne com novos motores e chassi, além de aprimoramentos no design.

O Cayenne traz motores mais potentes. A versão inicial possui turbo de seis cilindros em V, 3.0 litros e 340 cv de potência, além de um torque de 45,5 kgfm. Já o Cayenne S é movido por um V6 2.9 biturbo, com desenvolve 440 cv e 55,5 kgfm de torque. O Cayenne Turbo é o topo de linha e gera 550 cv, com torque máximo de 77,5 kgfm.

No desempenho, o SUV acelera de zero a 100 km/h em 6,2 segundos. A velocidade máxima é de 245 km/h. Já o Cayenne S faz a mesma aceleração em 5,2 segundos e atinge 265 km/h. Na versão Cayenne Turbo, esta aceleração rola em 4,1 segundos e a máxima é de 286 km/h (!!!). O câmbio é um tiptronic de 8 velocidades e a tração é ativa nas quatro rodas em todas as versões.

Possui sistemas ativos de chassi. Esse sistema trabalha em tempo real, otimizando continuamente o comportamento de pilotagem. O modelo pode ser agora equipado com o eixo traseiro direcional. Ele melhora a agilidade nas curvas e a estabilidade nas mudanças de faixa com velocidades mais altas.

No design, traz entradas de ar maiores na dianteira em virtude do aumento de potência nos motores. A nova geração chega 63 milímetros maior em comprimento do que o modelo anterior, mas mantém a mesma distância entre eixos (2.895 milímetros). Em altura, são nove milímetros a menos em relação ao modelo anterior. O volume do bagageiro é de 770 litros – um aumento de 100 litros. A versão inicial do Cayenne conta com rodas de 20 polegadas.

A gama de preços começa em R$ 423 mil. Já o Cayenne S tem preço inicial em R$ 523 mil, enquanto o Cayenne Turbo sai por R$ 733 mil.

Leia mais

Mundo Premium | Vem, pode vir O Grupo JLR (leia-se Jaguar e Land Rover) já adiantou que não estará presente no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro. Ou melhor, não haverá estande das marcas, o que por si só é um fato bastante desagradável. Ver alguns produtos das marcas de perto é um privilégio, sobretudo se falamos daqu...
Mundo Premium | Clássico e redundante Porsche Classic é tão redundante quanto entrar pra dentro e sair pra fora. Se é Porsche, é clássico. Mas a marca alemã detém a Porsche Classic (é a vida) e foi ela a responsável pela criação do último 911 Turbo com motor resfriado a ar, 20 anos depois do final da produção em série do modelo. Um item...
Marketing com adrenalina O nome Porsche remete de imediato à imagem de um carro extremamente veloz, daqueles que são vistos rasgando em alguma Autobahn. Houve uma conversão ao mercado, é verdade, e o Cayenne é responsável por esse lado mais...digamos...mercadológico da marca alemã. Mas é só. De um modo geral, Porsche é sinô...
Mundo Premium | Um dia, quem sabe… Existem mil maneiras de preparar aquele cereal e outras tantas para não estar em um lançamento automotivo. Só neste ano houve três maiores que me impediram de estar em eventos de vasta importância: falta de convite da marca (pois é...), recusa da empresa a qual eu representava (pois ééééé...) e meno...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *