Mercedes-Benz inicia era dos ônibus inteligentes no Brasil

Tecnologias inéditas no segmento como piloto automático adaptativo e sistema de frenagem de emergência abrem o caminho para o transporte autônomo de passageiros

A Mercedes-Benz apresentou novas tecnologias para ônibus rodoviários no Brasil. Disponíveis inicialmente apenas nos chassis rodoviários O 500 RS e O 500 RSD, o novo AAC – Piloto Automático Adaptativo funciona através de sensores instalados na frente do veículo e mantém a distância em relação ao veículo à frente ou a velocidade determinada pelo motorista.

Sistema inteligente controla velocidade e distância

O novo ACC funciona de forma semelhante ao que já está presente, inclusive, em automóveis e no caminhão Actros da Mercedes-Benz. O próprio motorista determina a velocidade que deseja conduzir o coletivo, e a distância que quer manter do veículo que estiver à sua frente. A partir deste momento, não é mais necessário que ele utilize os pedais do acelerador e do freio, ganhando melhores condições para que ele preste atenção na estrada.

Havendo um automóvel, um caminhão ou outro ônibus diante dele e em uma velocidade menor que a programada, o sistema reduz a velocidade para manter a distância determinada previamente. Assim que o outro veículo sair da rodovia ou trocar de faixa, o ônibus volta à velocidade programada. Entre as suas vantagens estão a redução do consumo e a diminuição do stress do motorista ao longo do percurso.

É importante destacar que, durante todo o tempo, o ônibus continua sob o controle do motorista, bastando ele pressionar o freio para retomar totalmente a condução. Além disso, ele só funciona em velocidades acima de 15 km/h. “Este é um importante passo da nossa Empresa no rumo do ônibus autônomo com sistemas ativos de segurança no Brasil. antecipando uma tecnologia já presente no inovador Future Bus Mercedes-Benz na Europa”, afirma Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing de Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

Por enquanto, a tecnologia está disponível apenas para modelos rodoviários, e e indicado para médias e longas distâncias, especialmente para aquelas caracterizadas por retas muito longas e declives acentuados. O projeto segue em desenvolvimento e a ideia é que futuramente esteja disponível em toda a linha de ônibus rodoviários e, em seguida, urbanos da Mercedes-Benz do Brasil.

Mais segurança e eficiência no consumo de combustível

Outras novidades dos chassis Mercedes-Benz 0 500 RS e RSD são os sistemas AEBS – que é um sistema de frenagem de emergência que pode parar completamente o veículo – e o LDWS – que avisa o motorista caso ele troque de faixa de rolamento na estrada sem acionar a seta.

A marca alemã também apresentou novidades para o segmento de ônibus urbanos. Um deles é o sistema RKM (sistema de recuperação de energia elétrica). Ele aproveita a reserva de capacidade de energia elétrica produzida pelos alternadores do veículo, principalmente nos momentos de desaceleração, e a armazena em super capacitores, que atuam de modo autônomo. A energia elétrica armazenada é utilizada como fonte adicional durante os momentos de aceleração do ônibus.

Com os super capacitores carregados, o RKM disponibiliza uma carga de energia elétrica que normalmente é fornecida pelos alternadores, que são acionados pelo motor do veículo. Ao liberar os alternadores dessa função, o sistema propicia uma economia no consumo de combustível.

Outro sistema também disponível pela Mercedes-Benz é o EIS (Engine Idle Shutdown). Este é um inovador sistema de desligamento automático do motor. Se o ônibus está parado, porém com motor ligado, câmbio no ponto morto e freio de mão acionado, numa situação que perdure por um longo período – por exemplo, 4 minutos – sem que o motorista acelere o veículo ou acione o freio de serviço, o sistema entra em ação e automaticamente desliga o motor.

Esta é uma situação bastante comum em garagens, rodoviárias, terminais urbanos e pontos de parada. Nessas circunstâncias, o EIS entra em ação, proporcionando economia no consumo de combustível, além de reduzir as emissões de poluentes e de ruídos. Esta solução acaba por contribuir para a conscientização do motorista quanto à necessidade de se desligar o motor se o veículo ficar parado por um tempo prolongado.

Nova geração de caixas automáticas para ônibus urbanos O 500

Outra novidade importante para a linha de ônibus urbanos O 500 (incluindo as que ganharam o ACC) são as novas gerações das caixas automáticas Voith DIWA e ZF Ecolife. Ambas proporcionam redução de até 1,5% no consumo de combustível e menor ruído na operação, trazendo assim mais conforto e bem-estar a bordo.

A caixa automática reduz a pressão de trabalho quando não está em plena carga ou em velocidade de cruzeiro e alivia a carga solicitada ao motor. Além disso, conta com assistente de partida em rampa, retarder incorporado e sensor de inclinação que detecta a topografia.

Confira os 14 itens de segurança dos ônibus rodoviários O 500

• ACC (Active Cruise Control) – piloto automático adaptativo
• AEBS (Advanced Emergency Braking System) – sistema de frenagem de emergência
• LDWS (Lane Departure Warning System) – sistema de aviso de faixa
• TPMS (Tyre Pressure Monitoring System) – sistema de monitoramento da pressão e temperatura dos pneus
• Retarder – sistema auxiliar de freio
• Top-Brake – freio-motor auxiliar
• Suspensão com sistema anti-tombamento
• ABS – sistema anti-travamento
• ASR – sistema de controle de tração
• EBS – sistema eletrônico de freios
• ECAS – suspensão pneumática controlada eletronicamente
• ESP – controle eletrônico de estabilidade
• Eixo ERA direcional: maior estabilidade
• Freio a disco

Pacote “Fuel Efficiency” assegura ganhos no curto e no longo prazo

Lançamento recente no País, o Pacote “Fuel Efficiency” também ganha evidência na linha Mercedes-Benz. Visando assegurar redução no consumo de combustível para as empresas de transporte rodoviário de passageiros, o “Fuel Efficiency” inclui uma nova parametrização do câmbio automatizado Mercedes PowerShift GO 240, compressor de ar do motor com otimização de energia, gerenciamento eletrônico do ventilador do radiador, aumento de torque para o motor OM 457 LA de 360 cv para 1.850 Nm, sistema Eco Roll na caixa automatizada e o sistema de desligamento automático do motor.

“O custo do combustível é um dos itens mais importantes na gestão de uma frota. Por isso, não paramos de desenvolver novas soluções para atender às necessidades dos clientes quanto à redução do consumo”, afirma Walter Barbosa. “Conforme o modelo e os itens escolhidos pelo cliente, além das condições de operação e dirigibilidade do veículo, pode-se chegar a uma redução entre 2% e 8% no consumo de combustível, em comparação com atuais versões dos chassis O 500”.

Com o menor consumo, as novidades tecnológicas proporcionam redução do custo operacional e uma melhora do TCO, que é o custo operacional total do veículo ao longo de sua vida útil. Isso resulta numa ótima relação custo/benefício e em maior rentabilidade para as empresas de transporte de passageiros.

O Pacote “Fuel Efficiency” para os ônibus rodoviaros O 500 RS, RSD e RSDD reforça o posicionamento da linha de ônibus da Mercedes-Benz como a mais tecnológica do País, destacando-se por itens que garantem um elevado padrão de desempenho, economia, conforto e segurança no transporte de passageiros.

“A oferta de equipamentos e sistemas avançados amplia ainda mais o leque de possibilidades para que os clientes configurem os seus ônibus de acordo com suas demandas, tipo de operação e condições de topografia onde irão atuar. Dessa forma, além de menor custo operacional, poderão desfrutar de muito mais benefícios em termos de segurança”, ressalta Walter Barbosa.

Resumo dos itens do Pacote Fuel Efficiency
• Nova parametrização do câmbio automatizado GO 240
• Power Reduction – compressor de ar com otimização de energia
• Visctronic – controle inteligente de acionamento do ventilador do radiador
• High Torque – aumento de torque para OM 457 LA de 360 cv
• EIS – sistema de desligamento automático do motor
• Eco Roll no câmbio automatizado, sistema que desacopla a embreagem a fim de economizar combustível em declives

 

Leia mais

Ônibus: tecnologias para redução do consumo de com... Por Tarcisio Dias Quem pensa que o trabalho da engenharia está apenas nos automovéis se engana. Uma das áreas mais importante é o transporte de passageiros, com empresas buscando soluções para oferecer melhor eficiência energética, redução na emissão de poluentes e melhor qualidade do ar. Novas ...
Mercedes-Benz lidera as vendas de ônibus no primei... Participação de mercado da marca alemã no segmento acima de oito toneladas de PBT é mais de quatro vezes maior que o do segundo colocado A Mercedes-Benz mantém sua liderança nas vendas de ônibus no Brasil. Nos primeiros quatro meses do ano, a montadora alcançou 62% de participação no segmento aci...
Mercedes-Benz do Brasil lidera as vendas de ônibus... No segmento de ônibus urbanos, a marca alemã emplacou 668 unidades, atingindo cerca de 78% de participação nos primeiros dois meses do ano Em 2018, a Mercedes-Benz vem mantendo sua liderança nas vendas de ônibus no Brasil. No primeiro bimestre, a marca alemã alcançou 60% de participação no segmen...
Banco Mercedes-Benz lança seguro para ônibus A instituição oferece mais de 20 tipos de coberturas adicionai de seguro que se aplicam às mais diversas situações O Banco Mercedes-Benz inicia neste mês operações de seguro para ônibus. A novidade será possível por meio da Mercedes-Benz Corretora de Seguros e em parceria com a Essor Seguros. O s...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *