Toyota do trio de Alonso fica com pole provisória em Le Mans

Toyota do trio de Alonso fica com pole provisória em Le Mans. Foto: Toyota Gazoo Racing

Com Kazuki Nakajima ao volante, Toyota TS050 Hybrid #8 lidera dobradinha da fabricante japonesa na primeira sessão do treino classificatório para a edição 2018 das 24 Horas de Le Mans no fim de semana

Conforme esperado, a Toyota garantiu a dobradinha da classe LMP1 após a primeira sessão do treino classificatório para a segunda etapa da supertemporada do WEC (Mundial de Endurance), que será disputada neste fim de semana. Nesta quarta-feira (13), o protótipo #8 do trio composto por Fernando Alonso, Sébastian Buemi e Kazuki Nakajima cravou o tempo de 3min17s270 com o piloto japonês ao volante.

Essa foi a primeira das três sessões da definição do grid de largada para a tradicional prova, que tem largada às 10h (horário de Brasília) deste sábado (16) no circuito de La Sarthe, em Le Mans, localizada a 200km ao sul de Paris (França). As duas últimas sessões serão disputadas nesta quinta-feira (14). A segunda parte do classificatório está marcada para as 14h (também de Brasília). A terceira sessão começa às 17h.

A dobradinha da montadora japonesa teve a segunda colocação do Toyota #7, de Kamui Kobayashi, Mike Conway e José María López, que foi apenas 0s107 mais lento que os colegas de equipe.

Toyota do trio de Alonso fica com pole provisória em Le Mans. Foto: Toyota Gazoo Racing
Kazuki Nakajima conduziu o Toyota #8 para ser o mais rápido na primeira sessão qualificatória às 24 Horas de Le Mans. Foto: Toyota Gazoo Racing

Bruno Senna, do Rebellion #1, tem provisoriamente a quarta colocação. O brasileiro forma o trio ao lado do alemão Andre Lotterer e do suíço Neel Jani.

Na categoria LMP2, o trio do carro Oreca 07 #19 composto pelos franceses Paul Loup Chatin, Paul Lafargue e pelo mexicano Memo Rojas foi o melhor, mas foram nono no geral com o tempo de 3min24s956. André Negrão foi o melhor brasileiro com o quinto lugar da classe, 14º no geral. Felipe Nasr foi oitavo na LMP2 e 17º na classificação geral.

Brasileiros da classe GTE Pro

A categoria onde corre mais pilotos brasileiros, a GTE Pro, teve o Porsche 911 RSR #91 de Gianmaria Bruni, Richard Lietz e Frederic Makowiecki na frente. Campeão no ano passado, Daniel Serra acabou na quinta posição (35ª no geral), enquanto Tony Kanaan, com o Ford GT da Ganassi Racing, foi oitavo na classe e 38º no geral.

Augusto Farfus terminou na nona posição da classe e Pipo Derani fez o 15º tempo na GTE Pro.

Toyota do trio de Alonso fica com pole provisória em Le Mans. Foto: Reprodução

Leticia Senna

Deixe uma resposta