Nissan Frontier supera vendas no ano fiscal 2017 na América Latina

Para a marca japonesa, o aumento é resultado do novo chassi duplo C reforçado e da suspensão multilink da geração mais recente da picape

A Nissan Frontier registrou crescimento nas vendas na América Latina. Os números são referentes ao ano fiscal 2017 , que terminou em março de 2018. Foram com 35.300 unidades comercializadas na região, com destaque para os resultados obtidos na Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Peru e Uruguai. Com base nesse resultado, a Nissan vendeu 5% mais Frontier na comparação com 2016.

O crescimento da picape, que já está presente nos 38 países da América Latina e Caribe, deve-se ao novo chassi duplo C reforçado, com oito vigas transversais, quatro vezes mais forte que o da geração anterior. Além, é claro, da suspensão multilink, que oferece maior equilíbrio entre dinâmica e conforto bem como uma maior absorção de impactos, além de uma ótima performance no fora da estrada.

A picape Nissan Frontier

Nissan Frontier SE 2018. Foto: Divulgação

Dentre as características tecnológicas que encontramos na icônica picape japonesa destacam-se os faróis de LED com função de acendimento automático, a chave inteligente i-Key, a câmara de ré e os sensores de estacionamento, bem como o arcondicionado de dupla zona e o display multifuncional no painel de instrumentos, que fazem com que a Nissan Frontier seja uma picape forte e inteligente.

Contando com a experiência da Nissan de mais de 80 anos na fabricacao de picapes em todo o mundo, a Nissan Frontier começará a ser produzida em Córdoba, na Argentina, no segundo semestre, o que representa o segundo maior investimento da marca na América Latina para a fabricação de modelos, depois do Complexo Industrial de Resende, no Brasil.

706 mil troféus da Liga dos Campeões

Se considerarmos esse total de Nissan Frontier do último ano fiscal na região e multiplicarmos pela sua capacidade de carga de 1 tonelada, atingiremos 35.300 toneladas, o que significa que todas as picapes vendidas durante o período seriam capazes de carregar aproximadamente 706 baleias francas da Patagônia (peso unitário médio: 50 toneladas) ou 4 milhões e 706 mil  troféus da Liga dos Campeões da UEFA (peso unitário médio: 7,5 quilos), a maior competição de clubes de futebol do mundo e que tem a Nissan como patrocinadora. Em outra comparação, a picape poderia transportar 882 mil fantasias de uma porta-bandeira de escola de samba do Carnaval do Rio de Janeiro (peso médio de 40 quilos).

Leia mais

Nissan Frontier SE não abre mão de segurança e con... A marca japonesa lançou a Frontier SE para complementar a 12ª geração da picape, que já conta com a versão top LE A linha da picape Nissan Frontier ganhou, em outubro, mais uma opção com o lançamento da inédita versão SE. A versão "de entrada" tem preço sugerido de R$ 150.990  e oferece aos consu...
Autos Giros com a Nissan Frontier LE AT 4×4 2... A 12ª geração da Nissan Frontier trouxe os inéditos chassi reforçado em "duplo C" e suspensão multilink que, em conjunto com o motor biturbo de 190 cavalos de potência faz dela uma picape suave, robusta e potente Por Daniel Jacques Determinada a crescer em um dos segmentos mais importantes do merc...
Nissan Frontier será uma das estrelas da Agrishow Kicks, Sentra, March e Versa também serão estrelas do “superestande” da montadora Lançada em março, a nova Nissan Frontier será uma das estrelas da Nissan na 24ª Agrishow. A picape poderá ser testada em uma pista off road exclusiva dentro do evento. O espaço integra o “superestande” de 1.200 m² q...
Autos Giros – De volta à estrada! Daniel Jacques Faaaala galera, tudo bem? Pois é, depois de "férias forçadas" por essa vida de empreendedor, estou de volta. E cheio de assuntos que abordarei com calma nos Autos Giros pelas estradas do Brasil e do mundo ao longo das próximas semanas. Pra começar, vou falar um pouco sobre a Nissa...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *