Nissan apresenta resultados do Ano Fiscal 2017

Nissan apresenta resultados do Ano Fiscal 2017

Marca japonesa gerou lucro operacional de 574,8 bilhões de ienes com receitas líquidas de 11,95 trilhões de ienes

A Nissan Motor Co. anunciou os resultados financeiros para o período de doze meses do Ano Fiscal 2017, encerrado em 31 de março de 2018.

Nos primeiros nove meses do ano fiscal, a empresa enfrentou custos significativos associados a itens específicos, ajustes de estoque e tendências negativas em termos de preços; entretanto, uma recuperação parcial foi possível graças à sólida performance no último trimestre do ano fiscal. No encerramento do ano fiscal, a Nissan gerou lucro operacional de 574,8 bilhões de ienes com receitas líquidas de 11,95 trilhões de ienes, equivalente à margem operacional de 4,8%.

O lucro líquido no fechamento do ano teve aumento de 12,6% totalizando 746,9 bilhões de ienes enquanto que o resultado não operacional e o impacto favorável das reformas fiscais norte-americanas mais do que compensaram a queda no lucro operacional.

Destaques do encerramento do ano fiscal

A tabela abaixo resume os resultados financeiros da Nissan para o período de 12 meses, de 1º de abril de 2017 a 31 de março de 2018, calculados de acordo com o método contábil para a joint venture do grupo na China.

(TSE report- China JV equity basis)2

Ienes em bilhões Ano Fiscal 2016 Ano Fiscal 2017 Variação % em um ano
Receita líquida 11.720,0 11.951,2 +2,0
Lucro operacional 742,2 574,8 -22,6
Margem % 6,3 4,8 -1,5
Lucro ordinário 864,7 750,3 -13,2
Resultado líquido 1 663,5 746,9 +12,6

Em uma base de gerenciamento proforma, que inclui a consolidação proporcional dos resultados das operações da Nissan na China, o lucro operacional foi de 742,4 bilhões de ienes, com receita líquida 1 de 746,9 bilhões de ienes.

Performance comercial

No ano fiscal de 2017, a empresa lançou seu plano estratégico de médio prazo, o Nissan M.O.V.E. to 2022, e as vendas globais tiveram um aumento de 2,6% em volume, atingindo um recorde de 5,77 milhões de unidades comercializadas.

No Japão, as vendas aumentaram 4,8%, totalizando 584.000 unidades vendidas, principalmente graças ao lançamento de modelos que representam a visão de Mobilidade Inteligente da Nissan: o NOTE e-POWER e o novo Nissan LEAF.

Na China, onde a Nissan apresenta resultados financeiros baseados no ano calendário, o volume de vendas teve um aumento de 12,2% com 1,52 milhão de unidades comercializadas, o que equivale a uma participação de mercado de 5,6% – alavancada pela demanda por modelos como o Nissan X-Trail e o Sylphy, bem como o crescimento da marca Venucia.

Nos EUA, as vendas da Nissan atingiram 1,59 milhão de unidades, o que equivale a uma participação de mercado de 9,2%. Na Europa, as vendas da Nissan – com exceção da Rússia – tiveram uma queda de 4,6%, totalizando 652.000 veículos vendidos, devido ao impacto da queda do mercado britânico e ao aumento da concorrência no segmento de crossovers , o que resultou em uma participação de mercado de 3,6%.

As vendas na Rússia, entretanto, aumentaram 12%, para 105.000 unidades comercializadas.Em outros mercados, incluindo Ásia e Oceania, América Latina, Oriente Médio e África, as vendas da Nissan aumentaram 1,3%, com 819.000 veículos vendidos.

Dividendos do Ano Fiscal 2017

A Nissan prevê aumento de 10,4% no dividendo, de 53 ienes por ação no Ano Fiscal 2017.

Perspectivas

A empresa espera vender 5,925 milhões de unidades no Ano Fiscal de 2018. Modelos lançados recentemente, como o Serena e-POWER, o novo Nissan LEAF, o Datsun CROSS e o INFINITI QX50 devem contribuir para um aumento nas vendas deste ano fiscal. As vendas também devem ser alavancadas pelo lançamento de novos modelos, como o Altima, Sylphy 100% elétrico e o Terra.

A empresa registrou as seguintes previsões para o ano fiscal na Bolsa de Valores de Tóquio, calculadas de acordo com o método contábil para a joint venture do Grupo na China, as previsões para o ano fiscal, que termina em 31 de março de 2019, são:

Perspectivas da Nissan para FY18 – TSE report basis – China JV equity basis
Receita líquida 12.000 bilhões de ienes
Lucro operacional 540 bilhões de ienes
Resultado líquido 500 bilhões de ienes

Vitor Pereira

Leia mais

Nissan apresenta novo chefe de seu Estúdio Satélit... John Sahs assume estúdio após liderar projetos da Nissan e da Infiniti pelo Nissan Design America O Estúdio Satélite de Design da Nissan no Brasil tem um novo chefe. Com mais de 20 anos de experiência na indústria automotiva, sendo dez deles na liderança de times, John Sahs passa a conduzir a equ...
Renault-Nissan-Mitsubishi aumenta sinergias anuais... Aliança reafirma objetivo de sinergias de mais de 10 bilhões de euros até o fim de 2022 A Renault-Nissan-Mitsubishi anunciou um aumento de 14% em sinergias anuais, para 5,7 bilhões de euros, em comparação com os 5 bilhões de euros obtidos em 2016, resultado da parceria das três montadoras que for...
Nissan Frontier supera vendas no ano fiscal 2017 n... Para a marca japonesa, o aumento é resultado do novo chassi duplo C reforçado e da suspensão multilink da geração mais recente da picape A Nissan Frontier registrou crescimento nas vendas na América Latina. Os números são referentes ao ano fiscal 2017 , que terminou em março de 2018. Foram com 35...
Complexo Industrial da Nissan em Resende (RJ) comp... Planta da marca japonesa no Brasil está trabalhando praticamente com a capacidade plena de seus dois turnos O Complexo Industrial da Nissan, em Resende (RJ), chega ao seu quarto ano passando por transformações que continuam potencializando o desenvolvimento e a produção de veículos com tecnologia...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *