Rubens Barrichello é pole position para a etapa da Stock Car em Londrina

Piloto da Full Time Sports mostra boa forma no circuito norte paranaense. Ao Autos Giros, o piloto disse que a vontade de vencer foi determinante para a conquista

Cecília França

Rubens Barrichello (#111) vira 1.10.569; na sequência, Marcos Gomes (#80) vira 1.10.499 e confirma sua presença no Q3 que iria definir a pole position para a quarta etapa da Stock Car neste domingo (6). A disputa por milésimos de segundo esquentou, na tarde de neste sábado (5), o já ensolarado Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR), onde os termômetros marcam 31 graus. Barrichello terminou por conquistar a pole position após um desempenho incrível no último trecho, fechando a volta com tempo de 1.10.662.

Para quem não está habituado ao automobilismo, esses números significam 1 minuto, 10 segundos e 662 milésimos de segundo. É assim, na base dos milésimos que se dá a disputa da Stock Car. o grid é definido em três etapas, chamadas de Q1, Q2 e Q3. Para a última vão apenas os seis melhores tempos, que disputam a pole.

“Londrina é especial, tem muitos sobes e desces, curvas de alta e curvas de baixa, eu adoro”., afirmou Barrichello. Foto: Cecília França/Autos Giros

Barrichello recebeu o troféu Hero Pole Position das mãos de Germano, capitão do Londrina Esporte Clube (LEC). Ao Autos Giros, o piloto disse que a vontade de vencer foi determinante para a conquista.

“Mais que a experiência é a vontade de vencer. No ano passado foi exatamente o trecho que eu errei, que acabei perdendo a pole position, então fico muito feliz em acertar esse fim de semana”, declarou.

Segundo o pole, o circuito norte-paranaense tem um traçado instigante. “Londrina é especial, tem muitos sobes e desces, curvas de alta e curvas de baixa, eu adoro”.

As duas corridas da 4 etapa da Stock Car neste domingo (6) estão marcadas para às 14h e às 15h05. Na sequência do grid largarão Max Wilson (#65), Marcos Gomes, Felipe Fraga (#88), Julio Campos (#4) e o atual campeão, Daniel Serra (#29).

Confira grid completo:

1. Rubens Barrichello (Full Time Sports) – 1:10.662
2. Max Wilson (Eurofarma RC) – 1:10.675
3. Marcos Gomes (Cimed Racing Team) – 1:10.831
4. Felipe Fraga (Cimed Racing) – 1:11.032
5. Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – 1:11.063
6. Daniel Serra (Eurofarma RC) – 1:11.580
7. Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) – 1:10.701
8. Ricardo Maurício (Full Time Sports) – 1:10.729
9. Cacá Bueno (Cimed Racing) – 1:10.792
10.Átila Abreu (Shell V-Power) – 1:10.813
11.Ricardo Zonta (Shell V-Power) – 1:10.843
12.Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – 1:10.900
13.Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – 1:10.930
14.Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car) – 1:10.951
15.Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – 1:10.986
16.Diego Nunes (Full Time Bassani) – 1:10.983
17.Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) – 1:11.030
18.Valdeno Brito (Eisenbahn Racing  Team) – 1:11.058
19.Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani) – 1:11.091
20.Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) – 1:11.094
21.Sérgio Jimenez (Squadra G Force) – 1:11.133
22.Bruno Baptista (Hero Motorsport) – 1:11.148
23.Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – 1:11.164
24.Allam Khodair (Blau Motorsport) – 1:11.204
25.Cesar Ramos (Blau Motorsport) – 1:11.217
26.Denis Navarro (Cavaleiro Sports) – 1:11.243
27.Lucas Foresti (Cimed Racing Team) – 1:11.245
28.Galid Osman (Cavaleiro Sports) – 1:11.329
29.Guilherme Salas (Bradahl Hot Car) – 1:11.413
30.Tuka Rocha (Vogel Motorsport) – 1:11.507
31.Guga Lima (Squadra G Force) – 1:11.830

Deixe uma resposta