Autos Giros | Um SUV está cruzando as Américas

Daniel Jacques

Fala galera, tudo certo?

Pois é. Na semana passada eu disse que os SUVs estavam dominando o mercado brasileiro. E tanto isso é verdade que agora eles estão indo além, cruzando as três Américas para mostrar do que são capazes. Querem ver?

Volvo Continent Race

Já é tradição em algumas marcas como a Jaguar Land Rover criar ações “malucas” para lançar ou demonstrar o que seus lançamentos são capazes de fazer. Desta vez, porém, o desafiado foi o novo Volvo XC40.

Com o experiente piloto Cacá Rosset ao volante, o SUV partiu de Itajaí (SC) no último domingo (22/4) com o objetivo de, em 18 dias, chegar a Newport, no Estado norte-americano de Rhode Island. O detalhe é que, no mesmo dia, a regata internacional Volvo Ocean Race também partiu da cidade catarinense rumo ao mesmo ponto da Costa Leste norte-americana. Tempo previsto para a chegada? Pois é, 18 dias.

De Itajaí (SC) até Cartagena (Colômbia)

A ideia é mostrar que o novo veículo da marca sueca é capaz de enfrentar as diferentes condições de estrada, clima e a burocracia sul-americana. Na primeira etapa ele passará por Paraguai, Argentina, Chile, Peru e Equador e Colômbia. De lá, será “exportado” para o Panamá, de onde seguirá por Costa Rica, Nicarágua, Honduras, El Salvador, Guatemala, México. Só depois entrará nos Estados Unidos, onde ainda terá que encarar mais 7.500 km cruzando o país do Sudoeste até o Extremo Nordeste.

Do Panamá até Newport (Rhode Island, EUA)

Na média, a expedição terá que percorrer cerca de 1.300 km por dia, além de superar o “translado” Colômbia-Panamá no menor tempo possível. É, sem dúvida, um desafio e tanto, digno de um SUV que quer fazer história.

Mais um SUV

E ainda falando em SUV, a Peugeot realizou, na semana passada, a apresentação do novo 5008 para o mercado gaúcho. Presente ao evento, a presidente da marca francesa no Brasil, Ana Theresa Borsari, destacou os diferenciais do novo modelo: “O 5008 traz todos os atributos que fazem do 3008 a essência do DNA da Peugeot: visual arrebatador, experiência única de direção e alto nível de tecnologia embarcada. Mas ele traz mais, ele é um SUV de sete lugares com uma modularidade única, e isto garante conforto e praticidade diferenciados”, destacou.

Segundo Ana Theresa, o 3008 teve 350 unidades comercializadas em todo o País no mês de março. A expectativa, para o modelo lançado em 2017, é alcançar até 450 veículos mensais ainda em 2018. Para o recém-lançado 5008, contudo, a projeção da Peugeot é de cerca de 150 emplacamentos mensais.

Vamos falar de Stock Car

E, finalmente, mudamos de assunto. A Chevrolet, parceira e montadora oficial de todas as equipes de Stock Car atualmente, está presente desde a criação da competição, em 1979. No último final de semana, durante a terceira etapa da temporada 2018, realizada no Velopark, em Nova Santa Rita (RS), a marca anunciou a ampliação da sua participação na categoria por meio de uma parceria com a equipe Cimed Racing. Com isso, a campeã das temporadas 2015 e 2016 passa a chamar Chevrolet Cimed Racing.

“A equipe Chevrolet Cimed Racing proporciona uma grande oportunidade de ativação para as duas empresas. Entretanto, o que esperamos é que o maior beneficiário desta iniciativa seja a própria Stock Car. Queremos incentivar outras fabricantes de automóveis a ingressarem na competição, o que tornaria a categoria preferida do público no Brasil ainda mais atrativa”, diz Carlos Zarlenga, presidente da GM Mercosul.

“Reconhecida no mercado como uma excelente plataforma para ativações de marketing e relacionamento, a categoria desenvolveu nos últimos meses um projeto para atrair novas montadoras, tornando-se multimarcas. Ter a Chevrolet apoiando esse movimento é muito importante para a evolução da categoria”, afirma Rodrigo Mathias, CEO da Stock Car.

É isso, galera. Na semana que vem, mais novidades, combinado?

Até lá!

Deixe uma resposta