Copa Truck: Wellington Cirino é campeão da Copa Sul

Copa Truck: Wellington Cirino é campeão da Copa Sul. Foto: Duda Bairros/Copa Truck

Vitória e um sexto lugar garantiram o título da primeira copa da temporada para piloto paranaense. Giuliano Losacco e André Marques finalizaram com troféu de prata e de bronze, respectivamente

Wellington Cirino é o campeão da Copa Sul. Com uma vitória na Corrida 1 e um sexto lugar na segunda prova, o paranaense conquistou o título da primeira copa do ano. De quebra, ele se garantiu como um dos postulantes ao título na Grande Final, que acontecerá em dezembro, em Curitiba (PR). O pódio da primeira prova foi completado por Beto Monteiro e Adalberto Jardim.

Felipe Giaffone ganhou a segunda prova, seguido por Giuliano Losacco e Renato Martins. Os resultados garantiram Losacco e André Marques com os troféus prata e bronze, respectivamente. Os dois também se garantiram na disputa pelo título no final do ano.

“Hoje tivemos uma disputa muito dura, mas extremamente limpa. Vamos comemorar esse título. Tudo aconteceu como o planejado. Nós buscamos ir muito bem na primeira corrida, para na segunda focar apenas no que precisaríamos fazer para ser campeão. E deu certo”, comentou Cirino.

Mesmo garantido na Grande Final, o piloto da Mercedes acredita que não pode relaxar.

“Temos que trabalhar ainda mais na próxima copa. Nosso motor precisa ser melhorado. O chassi é muito bem construído e o caminhão é muito bom. Hoje, na segunda prova, eu cuidei muito do equipamento e pudemos ter uma leitura completa, para que daqui pra frente o caminhão seja aperfeiçoado”, acrescentou o campeão.

Resumo das duas corridas do dia

A Corrida 1 teve duas largadas. Na primeira, o pole Roberval Andrade enfrentou problemas de motor e nem conseguiu iniciar a disputa. Luiz Renato Luhrs rodou na curva 1 ainda na segunda volta. A bandeira vermelha foi acionada pela direção de prova para retirar o caminhão que ficou parado na pista. Giaffone e Régis Boessio haviam sido punidos na primeira volta por excesso de velocidade no radar. Como a prova foi interrompida, as punições foram retiradas.

Na segunda largada, Giaffone pressionou o líder Wellington Cirino. A pressão foi aumentando até que, na quarta volta, o piloto da Volkswagen ultrapassou e abriu vantagem. No entanto, Giaffone foi punido por excesso de velocidade no radar e teve de pagar um drive through.

A punição jogou Giaffone para trás e o piloto da Volkswagen teve de fazer uma corrida de recuperação para terminar em sexto. O gaúcho Boessio vinha em terceiro e, na última volta, enfrentou problemas mecânicos que o tiraram do pódio.

Para a segunda corrida, com a inversão dos dez primeiros colocados, Renato Martins largou na frente, com Giuliano Losacco em segundo e Giaffone em terceiro. O atual campeão da Copa Truck fez uma excelente largada e superou os dois adversários logo na curva 1. Após a ultrapassagem, Giaffone abriu vantagem.

Losacco ultrapassou Martins na largada e conseguiu segurar a posição até o final. André Marques, em quarto, e Beto Monteiro, em quinto, completaram o pódio da segunda prova. No entanto, Beto foi punido com o acréscimo de 20 segundos em seu tempo final de prova por alinhar fora de sua posição no grid. Adalberto Jardim herdou a quinta posição.

A próxima etapa da Copa Truck será em Interlagos (SP) no dia 27 de maio com a abertura da Copa Sudeste.

Resultado final – Corrida 1

  1. 6 Wellington Cirino (Mercedes) – 14 voltas em 20min59s333
  2. 88 Beto Monteiro (Iveco) – a 9s721
  3. 5 Adalberto Jardim (Volkswagen) – a 10s555
  4. 77 André Marques (Mercedes) – a 10s682
  5. 7 Débora Rodrigues (Volkswagen) – a 23s300
  6. 4 Felipe Giaffone (Volkswagen) – a 32s709
  7. 90 Giuliano Losacco (Iveco) – a 35s267
  8. 9 Renato Martins (VW MAN) – a 37s140
  9. 83 Régis Boessio (Volvo) – a 39s820
  10. 30 Rogerio Castro (Volkswagen) – a 41s658
  11. 47 Duda Bana (Volvo) – a 56s134
  12. 99 Luiz Lopes (Iveco) – a 1min13s293
  13. 13 Witold Ramasauskas (VW MAN) – a 1min14s069
  14. 333 Alex Fabiano GG (Mercedes) – a 3 voltas

Não completaram 75% da prova:

  1. 27 Fábio Fogaça (Ford)
  2. 72 Djalma Fogaça (Ford)
  3. 15 Roberval Andrade (Scania)
  4. 46 Luiz Renato Luhrs (Scania)

Resultado final – Corrida 2

  1. 4 Felipe Giaffone (Volkswagen) – 16 voltas em 24min08s780
  2. 90 Giuliano Losacco (Iveco) – a 6s805
  3. 9 Renato Martins (VW MAN) – a 10s628
  4. 77 André Marques (Mercedes) – a 10s784
  5. 5 Adalberto Jardim (Volkswagen) – a 15s505
  6. 6 Wellington Cirino (Mercedes) – a 18s129
  7. 88 Beto Monteiro (Iveco) – a 34s698*
  8. 13 Witold Ramasauskas (VW MAN) – a 35s854
  9. 333 Alex Fabiano GG (Mercedes) – a 53s478
  10. 7 Débora Rodrigues (Volkswagen) – a 1 volta
  11. 47 Duda Bana (Volkswagen) – a 1min23s037
  12. 99 Luiz Lopes (Iveco) – a 2 voltas

Não completaram 75% da prova:

  1. 72 Djalma Fogaça (Ford) – a 5 voltas
  2. 30 Rogério Castro (Mercedes) – a 7 voltas
  3. 83 Régis Boessio (Volvo)
  4. 27 Fábio Fogaça (Ford)
  5. 15 Roberval Andrade (Scania)
  6. 46 Luiz Renato Luhrs (Scania)

* Punido com o acréscimo de 20 segundos por alinhamento fora de sua posição no grid

Classificação final da Copa Sul

1) Wellington Cirino – 70 pontos

2) Giuliano Losacco – 60

3) André Marques – 57

4) Felipe Giaffone – 52

5) Beto Monteiro – 52

6) Renato Martins – 52

7) Débora Rodrigues – 45

8) Régis Boessio – 34

9) Witold Ramasauskas – 33

10) Alex Fabiano GG – 31

11) Adalberto Jardim – 29

12) Luiz Lopes – 29

13) Rogério Castro – 16

14) Duda Bana – 14

15) Zé Maria Reis – 11

16) Djalma Fogaça – 10

17) Fábio Fogaça – 8

18) Luiz Renato Luhrs – 0

19) Roberval Andrade – 0

20) Eurípedes Reis – 0

Leticia Senna

Deixe uma resposta