É premium??

O lançamento da quinta geração do CR-V coloca o SUV da Honda em um patamar um pouco mais elevado. E, acredite, não estamos falando apenas de tamanho. Por preço e oferta de motor e de tecnologia, a intenção da marca nipônica é levá-lo ao segmento premium. Sim, ao premium. E não é que ela tem lá seus motivos?

O motor do SUV é turbo. O modelo tem potência e boa resposta. Além disso, tem tela centralizada de interface TFT colorida e o painel de instrumentos disponibiliza informações sobre o veículo por meio Driver Information Interface (DII) posicionada no centro do painel. Ou seja, velocidade, rotação e marcha podem ser visualizados no Head Up Display. Sim, mais um item de modernidade.

Falta uma condução autônoma. Um carro que custa R$ 179.900 (preço de premium) poderia oferecer, por exemplo, o Active Cruise Control (ACC) ou o assistente de mudança de faixa. O Peugeot 5008, por exemplo, oferece esses dois itens por R$ 166.490 em sua versão mais cara a Griffe Pack. Isso sem contar o leitor de placas, que indica a velocidade máxima permitida naquela via. E o 5008 tem também massageador nos bancos frontais. Na Audi, o mesmo ACC aparece apenas a partir do Q5.

No entanto, o CR-V tem uma vantagem. Nem Q5, nem 5008 possuem o assistente de ponto cego com a câmera acoplada ao retrovisor direito. Há sinais luminosos e até sonoros, assistente de mudança de faixa, mas câmera não. Ponto para a Honda.

O motor tem a tal confiabilidade que envolve os carros japoneses e isso ninguém tira do CR-V. Na mesma proporção, os carro alemães sobram em desempenho. Só que o novo CR-V tem propulsor turbo.

Leia mais

Mundo Premium | Um dia, quem sabe… Existem mil maneiras de preparar aquele cereal e outras tantas para não estar em um lançamento automotivo. Só neste ano houve três maiores que me impediram de estar em eventos de vasta importância: falta de convite da marca (pois é...), recusa da empresa a qual eu representava (pois ééééé...) e meno...
Mundo Premium | Entrou no sistema Uma marca que, só por ser citada, remete aos modelos de extremo luxo: Rolls-Royce. Fineza e história, pois, ao citar o nome da fabricante vêm a mente produtos com idade um tanto quanto avançada. É nesse ponto que a Rolls-Royce quer bater a partir de agora. Tanto que a marca anunciou a chegada do Cul...
Mundo Premium | Nunca é demais Nesta semana, o espaço dos automóveis top no Autos Giros fala sobre o prazer de dirigir um recentemente lançado SUV francês Outro dia falei sobre o Peugeot 5008 neste espaço. Era o lançamento do SUV de sete lugares que, por tecnologia e preço (R$ 154 mil) entra, sim, em um universo premium. Não h...
Um dia irei ao Salão de Detroitf Em qualquer área do Jornalismo há eventos que realizam um profissional. Cobrir uma Copa do Mundo é o ápice de um jornalista esportivo. Eleições presidenciais, mediar um debate entre candidatos e todo o trabalho envolvido consagram um jornalista político. E por aí vai. No caso da área automotiva são ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *