De alma. E sem capota

Ok, então você acha que a Mercedes-Benz está, digamos, ‘popularizando’ seus produtos no Brasil. Tá, tem algum sentido quando a marca inaugura fábrica de carros por aqui, como em 2016 e lança produtos com motores pouco exclusivos, caso do GLA, entregue no segundo semestre de 2017. Só que podemos afirmar que a marca da estrela não perdeu sua essência, ou sua…alma…

E isso pode ser afirmado a partir da vinda do Classe E 300 Cabriolet. Trata-se ‘apenas’ da versão conversível do sedã médio-grande de luxo. Tem um motor 2.0 turbo, igual ao do E 250, mas retrabalhado para render mais. São 245 cv de potência e 37,7 kgfm de torque. A transmissão é a automática de nove marchas, com tração traseira. O zero a 100 km/h se rola em 6,6 segundos e a velocidade máxima chega a 250 km/h. O preço é de R$ 413.900.

A capota de lona é acionada de modo elétrico e pode ser aberta ou fechada em 20 segundos em velocidades até 50 km/h. Traz faróis full-led com luz alta automática, acabamento interno em couro e detalhes em madeira. O teto de tecido tensionado com janela flui no sentido da traseira. Os faróis são controlados individualmente. O conjunto posterior ganhou lanternas com tecnologia Stardust. A suspensão é mais baixa que a do Classe E sedã e os pneus são de 19 polegadas.

Por dentro há detalhes em azul. Os itens opcionais de acabamento incluem couro refletor de calor em quatro cores e nove diferentes opções de pintura. O painel de instrumentos conta com sistema multimídia, controle de voz, controles de toque no volante para atuação com arrasto dos dedos. O porta-malas tem 310 litros.

Deixe uma resposta