Rally Cerapió 2018 termina com vários campeões nos Carros 4×4, Quadris e UTVs

Rally Cerapió 2018 termina com vários campeões nos Carros 4x4, Quadris e UTVs. Foto: Angelo Savastano/Divulgação

Trajeto contou com mais de 1.000 quilômetros entre o Ceará e o Piauí e muita disputa na 31ª edição do Rally Cerapió 2018

Após quatro dias desbravando as trilhas do Ceará e do Piauí, o Rally Cerapió 2018 fechou a 31ª edição com festa em Teresina (PI). A competição, que reuniu cerca de 400 competidores, começou em Trairi (CE). Depois, passou por Sobral (CE), Parnaíba (PI) e Piripiri (PI) e acabou na capital piauiense.

Foram mais de 1.000 quilômetros percorridos pelos Carros 4×4, Quadris e UTVs durante quatro dias. A prova do Rally Cerapió 2018 passou por trechos muito técnicos que exigiram bastante da navegação, principalmente.

Carros 4×4

Na categoria Master, Fernando Lage/Gustavo Schmidt, da Minas Racing, assumiram a liderança da categoria no segundo dia. Eles mantiveram o posto até o fim. “O Cerapió este ano foi perfeito. A prova estava demais, do jeito que a gente gosta. Acredito que ganhamos pela regularidade durante todos os dias”, diz o navegador.

Luis Eduardo de Melo/Carlos Eduardo de Melo, da Cearense de Rally Team, foram subindo dia após dia na classificação geral da Graduado. A dupla faturou o troféu por apenas um ponto à frente do segundo colocado.

Pela categoria Turismo, André de Carvalho/André de Carvalho Filho administraram a vantagem para levar o título também de 2018.

A dupla campeã da categoria Júnior foi Evanio Magalhães/Sabina Rodrigues, de Benevides (PA).

UTVs

Modalidade que mais cresce no País, os UTVs, uma espécie de buggy, também foram destaques do Rally Cerapió 2018. Na categoria Graduado, Diogo Cavalcante/Wellington Rezende Junior mandaram bem praticamente todos os dias e garantiram o lugar mais alto do pódio.

“O evento este ano se superou. Essa foi a disputa mais prazerosa que eu já participei, testou muito navegação e pilotagem. A chuva deu uma apimentada gerando um pouco de dificuldade para dupla”, comenta o piloto.

Luana Buscaroli/Tulio Malta, da Terrabela Racing, comemoraram muito a vitória nos UTVs Novato.

“A experiência foi demais. No penúltimo dia, fizemos uma etapa perfeita, sem erros. Estou muito feliz,” conta a piloto.

Quadriciclos

Depois de alguns anos sem o resultado esperado, Wescley Dutra, da Graduado, conseguiu o bicampeonato na modalidade. “Fiz uma prova estratégica para administrar a vantagem, poupando o veículo e deu tudo certo”, explica o piloto de Fortaleza (CE), que venceu os quatro dias de competição.

Pela Novato, título invicto para André Luis Furtado, de Belém (PA).

Classificação final – Rally Cerapió 2018

Carros – Master (cinco primeiros)

1) Fernando Lage/Gustavo Schmidt #742 – Belo Horizonte (MG) – 220 pontos
2) Paulo de Goes/Jhonatan Ardigo #701 – Joinville (SC) – 217 pontos
3) Renato Martins/Enedir Silva Junior #709 – Belo Horizonte (MG) – 202 pontos
4) Fabio Carvalho/Claudio Flores #704 – Belo Horizonte (MG) – 188 pontos
5) Maycon Soares/Daniel Rodrigues #708 – Teresina (PI) – 50 pontos – 162 pontos

Carros – Graduado (cinco primeiros)

1) Luis Eduardo de Melo/Carlos Eduardo de Melo #720 – Recife (PE) – 204 pontos
2) Felipe Ferro/Jonatas Carvalho #745 – Teresina (PI) – 203 pontos
3) Pedro Mendes/Giovani Brigido #740 – Teresina (PI) – 181 pontos
4) Rodger Nobre/Mauricio Oliveira #741 – Fortaleza (CE) – 172 pontos
5) Edson Fonseca Junior/Bruno Lima #715 – Salvador (BA) – 148 pontos

Carros – Turismo (cinco primeiros)

1) André de Carvalho/André Luiz de Carvalho Filho #748 – São Luis (MA) – 215 pontos
2) Leonardo Selva/Leonardo Mendonça #737 – Recife (PE) – 205 pontos
3) Gilmar Comin/Cristiano Finardi #733 – Jaboatão dos Guararapes (PE) – 195 pontos
4) Felipe Portella/Raphaela Fonseca #735 – Rio de Janeiro (RJ) – 193 pontos
5) Paulo Lima/Marcelo Borsatto #734 – Brasília (DF) – 192 pontos

Carros – Júnior (cinco primeiros)

1) Evanio Magalhães/Sabina Rodrigues #749 – Benevides (PA) – 232 pontos
2) Felipe Mesquita/Felippe Granja #746 – São Luis (MA) – 204 pontos
3) Claudio Ferreira/Igor de Carvalho #728 – Fortaleza (CE) – 200 pontos
4) Lauro Lopes Filho/João da Silva Neto #731 – Tersina (PI) – 191 pontos
5) Arilton Parente/Arilton Parente Junior #727 – Teresina (PI) – 178 pontos

UTVs – Graduado (cinco primeiros)

1) Diogo Cavalcante/Wellington Junior #602 – Fortaleza (CE) – 230 pontos
2) José Rufino Neto/Glauco Junior #604 – Fortaleza (CE) – 220 pontos
3) Claudio Cavalcante/Luis Felipe Eckel #607 – Aquiraz (CE) – 218 pontos
4) Jaime Souza Neto/Ivo Mayer #603 – Parnaíba (PI) – 180 pontos
5) Alamo Souza/Fábio Machado #609 – Fortaleza (CE) – 169 pontos

UTVs – Novato (cinco primeiros)

1) Luana Buscaroli/Tulio Malta #611 – São Paulo (SP) – 238 pontos
2) Felipe Chaves/Gabriel dos Santos #616 – Fortaleza (CE) – 210 pontos
3) Gustavo de Souza/Bruno Menezes #610 – Recife (PE) – 194 pontos
4) Robson Santos/Juan Ferreia #613 – Eusébio (CE) – 177 pontos
5) Silvio Tiecher/Hyung Amorim #614 – Brasília (DF) – 174 pontos

Quadriciclo – Graduado (cinco primeiros)

1) Wescley Dutra #309 – Fortaleza (CE) – 233 pontos
2) Italo Santiago #310 – Fortaleza (CE) – 228 pontos
3) Helio Pessoa #308 – Fortaleza (CE) – 221 pontos
4) Roberto da Silva #311 – Fortaleza (CE) – 58 pontos
5) Diego Pontes #301 – Cascavel (CE) – 0 ponto

Quadriciclo – Novato (cinco primeiros)

1) André Furtado #303 – Belém (PA) – 250 pontos
2) André de Oliveira #302 – Manaus (AM) – 212 pontos
3) Lucas Guerra #307 – Teresina (PI) – 201 pontos
4) Glaydson da Silva #305 – Teresina (PI) – 192 pontos
5) Marcos Rocha #306 – Caracol (PI) – 174 pontos

Leticia Senna

Deixe uma resposta