Interlagos recebe iluminação na pista para provas noturnas

Interlagos recebe iluminação na pista para provas noturnas. Foto: José Cordeiro/SPTuris

Novo sistema de iluminação do autódromo paulistano tem 21 torres de nove metros cada, o que permitirá a realização de eventos esportivos noturnos

O autódromo de Interlagos recebeu nesta semana um novo sistema de iluminação para provas noturnas. De acordo com a SPTuris, empresa que administra o circuito, foram instaladas 21 torres de nove metros cada uma. Elas estão separadas em 200m entre si. O sistema foi testado pela primeira vez na noite da quarta-feira (10).

Cada uma das lâmpadas utilizadas nas torres tem 140 mil lumens, o dobro da média, o que significa um poder de iluminação de 150m em linha.

“Ficou excelente, muito bom mesmo. Podemos ter alguns ajustes normais de direcionamento das lâmpadas, mas o que foi colocado até aqui é suficiente para fazer uma competição”, disse à Agência Estado o presidente do Consellho Técnico Desportivo da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), Carlos Montagner.

A ideia é que o autódromo possa sediar competições esportivas noturnas. Interlagos recebe, a cada ano, muitos pedidos para receber eventos esportivos. Isso fará com que a agenda do autódromo possa abrigar mais eventos no período da noite.

“O calendário de Interlagos é muito disputado. Recebemos mais pedidos de reservas de datas do que conseguimos atender. Agora podemos receber muitos outros eventos e quase dobrar nossa capacidade”, comemorou o presidente da SPTuris, David Baroni.

Iluminação aprovada no primeiro teste

O sistema de iluminação de Interlagos é articulado para que as lâmpadas sejam flexíveis. O que permite que o direcionamento de luz seja feito de acordo com a necessidade de cada evento.

O piloto de motovelocidade Leandro Melo fez o teste de iluminação da pista. Ele aprovou o novo sistema de luzes do autódromo de Interlagos.

“A iniciativa é muito bacana porque hoje, na correria do dia a dia, falta treino e muitas vezes o trabalho não deixa para a gente tempo hábil para praticar o que a gente mais gosta, que é esse esporte. Ter uma alternativa é o que faltava”, declarou o piloto à Agência Estado.

Leticia Senna

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: