Renault do Brasil bate recorde participação no mercado brasileiro

Renault do Brasil Kwid

O SUV Captur e o compacto Kwid foram os dois lançamentos de 2018 que ajudaram a Renault do Brasil a superar seu melhor market share até então

Em 2017 a Renault do Brasil manteve a trajetória de crescimento que segue de forma contínua no país desde 2010.  Neste ano a marca francesa alcançou novo recorde de participação de mercado: 7,7%, com ganho de 0.2 ponto percentual em relação a 2016. No total, a empresa emplacou 167,1 mil veículos, contra 149,9 mil unidades emplacadas em 2016. Isto representa um crescimento de 11,4%, superior ao aumento registrado pelo mercado automobilístico brasileiro em 2017, que foi de 9,4%.

“Chegamos ao final do ano com vários motivos para comemorar. Apresentamos dois novos produtos: o Captur e o Kwid, principal lançamento do ano. A produção desses veículos para os mercados interno e externo motivou a contratação de 1.300 colaboradores para a inauguração do terceiro turno completo. Tudo isso só foi possível porque a Renault manteve inalterados seus investimentos no Brasil, mesmo em períodos de instabilidade econômica. É a soma desses fatores que nos permitiu, mais uma vez, crescer em participação de mercado no país”, afirma Luiz Pedrucci, presidente da Renault do Brasil.

Destaques da Renault no Brasil

Entre os destaques comerciais da marca estão o Sandero, sexto veículo mais emplacado do Brasil em 2017, com 67,3 mil unidades. Outro destaque foi o Kwid, com 22,6 mil unidades comercializadas após seu lançamento, em agosto. Além do Renault Master, líder absoluto pelo quarto ano consecutivo do segmento de furgões com capacidade de carga de até 3,5 toneladas. O modelo alcançou 51% de market share.

Destaque também para as exportações, que alcançaram recorde histórico em 2017, chegando a 98,3 mil veículos (de passeio e comerciais leves), contra 71,3 mil unidades em 2016, uma alta de quase 38%.

Investimentos: uma nova fábrica

Além do crescimento em market share, em 2017 a Renault anunciou novos investimentos de R$ 750 milhões no Complexo Ayrton Senna, no Paraná. O montante já está sendo aplicado na construção de uma nova fábrica: a Curitiba Injeção de Alumínio (CIA) e na ampliação da Curitiba Motores (CMO).

A Curitiba Injeção de Alumínio é resultado do trabalho de cerca de duas mil pessoas, envolvendo equipes da Aliança Renault-Nissan de 11 países. O resultado será uma fábrica equipada com máquinas de alta tecnologia e modernos processos de produção. Tudo em uma área construída de 14,5 mil metros quadrados . A nova unidade será inaugurada no primeiro bimestre de 2018.

Lançamentos ajudam Renault do Brasil a superar recorde anterior

Em março, o mercado brasileiro foi apresentado ao Renault Captur. Suas linhas seguem a nova identidade visual da Renault. Elas são assinadas pelo Technocentre da Renault, na França, em parceria com o Renault Design América Latina (RDAL). O modelo oferece maiores altura do solo, posição de direção, comprimento e entre-eixos de sua categoria.

Apresentado inicialmente nas versões 1.6 Sce mecânica e 2.0 16V automática, o veículo ganhou, em junho, a opção 1.6 SCe com câmbio X-TRONIC CVT, que proporciona ainda mais conforto aliado a economia de combustível.  O casamento do moderno câmbio continuamente variável – que tem opção de seis marchas simuladas – com o novo motor 1.6 SCe chegou também ao Duster, no mesmo mês.

Também no primeiro semestre, os apaixonados pela velocidade foram apresentados ao Sandero R.S 2.0 Racing Spirit. Esta é uma série limitada do hot hatch mais vendido do país, com visual ainda mais esportivo.

Por fim, em agosto, a Renault realizou um dos principais lançamentos de 2017: o Kwid. O sucesso do SUV dos compactos ficou evidenciado desde antes de sua chegada ao mercado. Sua pré-venda foi realizada de maneira inovadora e totalmente on-line. O resultado foi um volume de reservas quatro vezes maior que o esperado inicialmente pela fabricante.

Leia mais

Renault aumenta sua fatia no mercado nacional Empresa terminou o mês de abril com uma fatia de 7,8% de participação no mercado brasileiro A Renault está ampliando sua fatia de atuação no cenário automotivo nacional. A montadora terminou o mês de abril com 7,8% de participação no mercado brasileiro. O resultado é 0,1 ponto percentual superior...
Renault Kwid e Sandero estão entre os carros mais ... A marca francesa ficou na quarta posição geral entre as que tiveram mais emplacamentos no último mês do primeiro semestre Com 19,8 mil emplacamentos, a Renault fechou o mês de junho com 10,2% de participação de mercado, ficando entre as quatro marcas com maior número de licenciamentos no período....
Renault Sandero é o quarto veículo mais vendido do... O Sandero foi o destaque da Renault nos resultados do mês de março. O Renault Sandero foi o quarto veículo mais emplacado no Brasil no mês de março. Renovado no final de 2016 com os novos motores 1.0 SCe e 1.6 SCe, o hatch teve 6.516 unidades comercializadas. Nos resultados acumulados do primeiro...
Compacto Kwid ajuda Renault a ganhar mercado em ma... No acumulado do ano, a fabricante tem 7,5% de market share, um avanço de 0,7 ponto percentual em comparação com 2017 O Renault Kwid foi o quinto carro mais emplacado no mercado brasileiro no mês de março, com 6.454 unidades. As vendas em alta do SUV dos compactos ajudaram a Renault a crescer 1,2 ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *