Autos Giros com o Nissan Kicks SL 2018

Confira a avaliação completa do novo Nissan Kicks SL 2018, o primeiro “made in Brazil”

Daniel Jacques

O Nissan Kicks é o primeiro carro avaliado pelo Autos Giros por dois anos consecutivos. Quando lançado, em 2016, o SUV era produzido no México especialmente para o mercado brasileiro. Desde o início, contudo, a marca japonesa planejava trazer sua fabricação para o Brasil, o que se tornou realidade em julho de 2017.

A “versão” nacional manteve todas as características que fizeram dele o carro do ano de 2016, segundo o Autos Giros, e também vencedor de vários comparativos com concorrentes das mais diversas marcas e por diferentes publicações do setor automotivo nacional. Além disso, ele também trouxe adicionais como o alerta de colisão e a assistência de frenagem. Ao ser lançado por aqui, o modelo também teve sua gama ampliada com as versões S, de entrada, SV, que era importada como versão limitada, e a topo de linha SL, que já existia no lançamento e voltou a ser avaliada pela nossa equipe e sobre a qual você saberá tudo lendo a matéria abaixo. Alerta de spoiler: não espere muitos pontos fracos.

Um carro que conquista pelo olhar

Líder de vendas da Nissan em 2017, o Kicks manteve o seu belo design. Partindo da grade V-Motion da marca japonesa, ele traz faróis arqueados com assinatura em LED e acendimento inteligente que se destacam no design cheio de vincos do novo SUV nacional.

As rodas de liga leve de 17 polegadas, as maçanetas cromadas, os retrovisores externos com rebatimento elétrico e indicador de direção de LED. O exclusivo teto flutuante completa o visual ao mesmo tempo elegante e esportivo do modelo.

Com tudo isso, o Kicks se torna um daqueles carros que, só de olhar, dá vontade de entrar e dirigir. Mas será que ele corresponde às primeiras impressões?

Interior com bancos em couro claro e câmera 360º

O conforto continua sendo um dos pontos altos do Nissan Kicks na sua linha 2018. Isto graças, primeiramente, aos bancos dianteiros com a tecnologia Zero Gravity e, na versão testada, acabamento em couro claro.

O volante revestido em couro e com base achatada transmite modernidade e realça a esportividade. Ele também traz comandos de telefone e rádio, e o computador de bordo mantém o visual do modelo anterior, com ótima visibilidade e navegação. O SUV conta com chave inteligente presencial (I-Key), airbags duplos frontais, laterais e de cortina, sistema eletrônico de ignição (Push Start) sem o uso da chave e ar-condicionado automático e digital.

O interior do Kicks 2018 traz cinto de segurança de três pontos para todos os cinco passageiros. Todas as janelas têm acionamento elétrico e sistema one touch, e o vidro traseiro conta com desembaçador e limpador. O sistema multimídia Nissan Multi-App conta com navegação, câmera de ré. Os bancos traseiros contam com Isofix, para colocação de cadeirinhas infantis, e o porta-malas é de 432 litros.

Um dos grandes diferenciais do Nissan Kicks, porém, é a visão 360º com Sistema Inteligente de câmeras integrados. Com ele, o display mostra, além da imagem do que está atrás do carro, uma visão “aérea”, em 360 graus, que mostra com precisão onde estão os objetos e obstáculos ao redor do veículo, facilitando a manobra.

Veja no vídeo.

O motor é 1.6 16V Flex Start de 114 cavalos de potência a 5.600 rpm. O torque máximo é de 15,5 kgfm a 4.000 rpm. Ele é acompanhado pelo câmbio XTRONIC CVT com modo Sport. Como com o câmbio CVT não há troca de marchas, ele traz o sistema D-Step, que simula as trocas com mais de 50% do curso pedal do acelerador acionado.

Tecnologia, conforto e sofisticação de série

A lista de itens de série do Nissan Kicks 2018 SL é bastante longa. Para começar, a visão 360º é acompanhada com sensor de estacionamento traseiro. Além disso ele traz controles de tração e estabilidade (VDC), sistema inteligente de partida em rampa (HSA) e Detector de Objetos em Movimento (MOD). O Controle Inteligente de Chassi (Chassi Control) reúne avançados sistemas eletrônicos como o Controle Inteligente em Curvas (Active Trace Control), o Estabilizador Inteligente de Carroceria (Active Ride Control) e o Controle Inteligente de Freio Motor (Active Engine Brake), que atuam na suspensão, freios e também na estabilidade.

Os freios têm ABS com EBD e assistência de frenagem (BA), a coluna de direção tem ajustes de altura e profundidade e a direção tem assistência elétrica e com comandos do computador de bordo. A versão top ainda conta, como opcional, com o Pack Tech, que traz alerta de colisão com assistente inteligente de frenagem (FCW e FEB).

Diferenciado e com consumo acima da média

O Nissan Kicks continua sendo um SUV diferenciado no mercado brasileiro. As pequenas mudanças que ele ganhou ao se tornar nacional, somadas a grandes qualidades que ele já trazia do México como os bancos zero gravity – bastante confortáveis – o suave e potente motor aliado ao câmbio CVT e a câmera com visão 360ª (que continua sendo o que mais chama a atenção de quem anda no carro) fazem dele uma ótima opção no mercado brasileiro.

O consumo também se manteve em níveis acima da média nacional. Em cidade, a média ficou em 9,8 km/l e, na estrada, com serra, 13,9 km/l. Isso deu uma média geral de aproximadamente 12 km/l, o que é muito satisfatório.

Um detalhe questionável é o fato de ele não contar – nem na versão top de linha – com controle de velocidade de cruzeiro, item que hoje é comum mesmo em modelos até bem mais baratos. Neste perfil de elegância, praticidade e tecnologia parece que fica faltando algo simples dentre de um pacote tão tecnológico.

O Nissan Kicks 2018, na versão SL, tem preço na casa dos 95 mil reais. Isto o posiciona bem contra concorrentes diretos como o Honda HR-V (R$ 109.000 na versão top) e Jeep Renagade (R$ 98.000 na top com motorização Flex).

Enfim, o SUV da Nissan chegou vindo do México mexendo com o segmento de SUVs pouco antes dos Jogos Olímpicos de 2016, que também foram patrocinados pela marca japonesa. Agora nacionalizado, ele manteve seu perfil sofisticado e esportivo e continua sendo uma das melhores opções do seu segmento.


Ficha técnica Nissan Kicks SL 2018


Motor (combustível): 1.6 16V

Potência: 114 cv @ 5.600 rpm (etanol e gasolina)

Torque: 15,5 kgfm @ 4.000 rpm (etanol e gasolina)

Tração: 4×2

Transmissão: CVT com seis marchas virtuais

Dimensões: Comprimento (mm): 4.295
Largura (mm): 1.760
Altura (mm): 1.590
Altura livre do solo (mm): 200
Entre-eixos (mm): 2.610

Direção: Assistência elétrica

Suspensão: Dianteira: Independente tipo McPherson
Traseira: Eixo de torção

Freios: Dianteiro: Discos ventilados com ABS e EBD
Traseiro: Tambor com ABS e EBD

Pneus: 205 / 550 R17

Rodas: Roda de liga leve de 17 polegadas

Velocidade máxima (km/h): 175

Aceleração 0 a 100 km/h: 12s

Porta-malas: 432 litros

Tanque: 51 litros

Preços: A partir de R$ 95.990

Leia mais

Nissan Kicks nacional ganha novas versões, cores e... A versão SL, até então importada do México, também traz novidades no novo Nissan Kicks nacional A tão esperada produção do Nissan Kicks nacional começou. Com ela, o modelo ganha muitas novidades, como novas versões, novas cores e equipamentos inéditos no seu segmento. Com a chegada da nova versão...
Nissan comemora primeiro ano de sucesso do Kicks n... A Nissan está comemorando o primeiro ano de produção do SUV Kicks no Complexo Industrial de Resende (RJ). Desde então o modelo se tornou o modelo mais vendido da marca no país, com 46% do total. Consolidado entre os mais vendidos do país, foi o líder em março com mais de 5 mil unidades comercializad...
Autos Giros com o Lifan X80 Com a chegada do novo SUV X80, montadora chinesa quer mostrar que tem muito mais a oferecer para o mercado brasileiro Chinesa com orgulho, a Lifan quer mostrar que os carros do maior mercado automotivo do mundo não merecem a má fama que têm no mercado brasileiro. A montadora já deu uma demonstraç...
Autos Giros com o Lifan X60 Talent 2018 Visual renovado, bom acabamento e custo-benefício são alguns dos diferenciais do Lifan X60 2018 na briga dos SUVs Daniel Jacques* Carro chefe da Lifan no mercado brasileiro, o SUV compacto XC60 é o veículo chinês mais vendido do país desde 2014. Disponível em duas versões, Talent (transmissão manu...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *