Parceria entre marcas francesa e japonesa para a fabricação de motores elétricos

Uma linha de motores elétricos dotados da mais avançada tecnologia, destinados aos veículos eletrificados (mild-hybrids, híbridos recarregáveis e elétricos). Esse será o resultado da associação entre o Groupe PSA e a holding Nidec Leroy-Somer, do fabricante japonês Nidec, para atender às necessidades da montadora e de outras marcas também.

Na segunda-feira foi assinado o acordo de joint-venture que estabelece que as etapas de concepção e produção dos principais componentes do grupo motopropulsor elétrico serão realizadas na França. Em Carrières-sous-Poissy ficará o centro de Pesquisa & Desenvolvimento, e Trémery abrigará a unidade de produção. A associação envolve um investimento de 220 milhões de euros e a criação da joint-venture ocorrerá no primeiro trimestre do próximo ano.

A união das empresas nascida dessa parceria terá como atribuições P&D, fabricação e comercialização no melhor nível do mercado de motores elétricos. Ela terá em seu benefício os pontos fortes do fabricante automotivo Groupe PSA e a expertise da Nidec Leroy-Somer no que se refere a motores e equipamentos elétricos.

No processo de transição energética para uma mobilidade sustentável, a eletrificação é essencial, tanto para resolver o problema do aquecimento climático quanto para controlar a qualidade do ar, assegurando ao mesmo tempo que todas as partes envolvidas adotem o conceito “do poço à roda” (well to wheel). A eletrificação automotiva está em plena expansão e o mercado dos motores elétricos para automóveis deve dobrar até 2030, chegando a 45 bilhões de euros.

O Groupe PSA, que ocupa a segunda posição no mercado europeu, está acelerando sua transição rumo a tecnologias elétricas. Como parte do processo de transição energética e em linha com a ofensiva tecnológica do plano “Push to Pass” (empurre para passar), o Groupe PSA diversifica sua oferta tecnológica ao desenvolver motores híbridos a gasolina recarregáveis e veículos elétricos de última geração.

A Nidec Leroy-Somer, nascida da aquisição da Leroy-Somer pela Nidec, em fevereiro de 2017, é o primeiro fabricante de motores elétricos da França. Desempenha um importante papel no desenvolvimento tecnológico e cria produtos baseados em seu know-how de excelência em motores. O grupo japonês está ativamente desenvolvendo uma nova plataforma de crescimento, com foco principalmente no setor automotivo. Segundo seus objetivos estratégicos no médio prazo “Vision 2020”, a empresa pretende atingir um faturamento entre 5,4 a 7,6 bilhões de euros no segmento em 2020.

 


Rosangela Groff é jornalista e atua há mais de 10 anos na área automotiva. É editora do caderno Carros & Motos do jornal Correio do Povo, um dos mais tradicionais do Rio Grande do Sul, com mais de 120 anos de existência. Também edita conteúdo impresso e on-line no segmento de autopeças para entidades do setor.

A coluna Auto Performance é veiculada todas as quartas-feiras e aborda os mais diversos temas do setor, desde as estratégias de mercado das marcas até as novas tecnologias que equipam os veículos.

Leia mais

Teto panorâmico, iluminação ambiente e vidro intel... Ar fresco, céu azul ou estrelado e a sensação de liberdade. Esses são estímulos que provocam um bem-estar em quem dirige um veículo com teto solar, ou melhor ainda, panorâmico. E mais ainda, se tornaram um acessório de design premium, que agrega mais valor ao carro. E estes equipamentos a cada di...
Volkswagen junta-se à empresa de IA para desenvolv... Tecnologia. Muita tecnologia. Essa qualidade construtiva é cada vez mais presente nos lançamentos de marcas que investem intensivamente em pesquisa e desenvolvimento de veículos inteligentes e determinam a diferença entre o carro com custo baixo e o modelo que garante recursos avançados de segurança...
A forte demanda por utilitários no mercado europeu... Embora os mercados mundiais, em especial os da União Europeia, sinalizam ser simpatizantes de veículos compactos, mais ágeis e funcionais no trânsito das grandes cidades, parece que muitos consumidores europeus ainda querem manter a preferência por modelos mais robustos. Exemplos dessa tendência são...
O novo SUV blindado tático para combate ao terrori... A indústria automobilística se moderniza a todo o momento para acompanhar as mais diversificadas demandas de mercado. E as empresas vão além do carro de passeio ou o utilitário para a prestação de serviço, e se especializam na produção de modelos táticos, com soluções de sobrevivência para forças de...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: