Kia Sun Motors Gramado comemora um ano incentivando a sustentabilidade

Kia Sun Motors Gramado comemora um ano incentivando a sustentabilidade

Evento trouxe modelos como o elétrico Soul EV e o híbrido Kia Niro, além de artistas que têm a sustentabilidade como foco em seus trabalhos

No último dia 14 de novembro a concessionária Kia Sun Motors realizou um evento para convidados dentro das celebrações de um ano de operação na Serra Gaúcha. Primeira eco friendly dealer de Gramado, a concessionária apresentou ao público gaúcho dois modelos inéditos que trazem como foco o conceito de sustentabilidade: O 100% elétrico Soul EV e o híbrido Niro.

“Abrimos esta loja no dia seis de novembro do ano passado. Por isso, estamos comemorando nosso primeiro aniversário aqui e 24 anos de Kia Sun Motors Porto Alegre. São motivos para uma grande festa”, destaca Jefferson Furstenau, diretor do Grupo Sun Motors. “Mesmo em um ano de mercado ruim, nós gostamos da operação aqui em Gramado. A cidade nos surpreendeu com um índice de trabalho muito forte. O utilitário Bongo, por exemplo, tá vendendo acima da expectativa. A continuar assim, daqui a pouco teremos mais Bongo vendido aqui do que em Porto Alegre”, ressalta..

Jefferson destaca que a operação em Gramado tem uma proposta diferente de uma concessionária tradicional. “A gente conhece o mercado, conhece o tamanho da frota da cidade e da região. Esta loja é para ser uma boutique da Kia, trazer um conceito de automóvel diferente”. E a diferenciação começa pela fachada, diferente do padrão da marca sul-coreana no Brasil. “Mas ela está dentro da cultura de Gramado. É uma concessionária criada pensando no futuro. Pensando em sustentabilidade e ecologia”.

Sustentabilidade é a palavra de ordem

Para celebrar um ano presente na Serra Gaúcha, o evento na Kia Sun Motors de Gramado também a sustentabilidade como foco principal. “Conseguimos trazer dois carros engajados neste conceito. um elétrico, o Soul EV, eum carro híbrido, o Niro”, frisa o executivo.

Além disso, a Sun Motors Gramado teve uma vernissage com obras de artistas como a designer Amanda Sommer e Edu Mantovani. Ambos apresentaram obras que reaproveitam sucata de automóveis e transformam em arte. “Eles trabalha com aquilo que jogaríamos fora. Já pensando no reaproveitamento deste material que levaria mais de 300 anos para ser decomposto”, aponta Jefferson.

Kia Soul EV: 100% elétrico

O Kia Soul EV (versão elétrica do modelo) presente em Gramado foi lançado em 2015, e atualmente é comercializado em mercados da Europa e na Coreia do Sul. Com propulsão 100% elétrica, ele pode ser carregado na tomada e tem cerca de 250 quilômetros de autonomia.

“A vantagem dele é que plugou, carregou, saiu. Dependendo do que ligar de equipamentos, pode rodar até 300 quilômetros. Aí precisa parar, encontrar uma tomada e recarregar. É uma boa solução, mas esse ainda é o processo que a gente tem que resolver”, salienta o distribuidor Kia no Rio Grande do Sul.

Kia Niro: híbrido para um novo segmento

O Kia Niro foi lançado na Coreia do Sul no início deste ano. Híbrido, com um perfil meio sportback meio crossover, em velocidades de até 58 km/h ele funciona apenas com propulsão elétrica. A partir daí, o motor a gasolina entra em ação, junto com o sistema de recuperação energética, que aproveita a força das freadas para recarregá-las com o carro em movimento. Assim, não é preciso ligá-lo na tomada nem a estações de carga, por exemplo.

Por enquanto, os dois modelos estão apenas em exposição, mas a própria Kia já declarou que pretende trazer os dois modelos para o mercado brasileiro em breve. “Nosso sonho é trazer o primeiro projeto de carros elétricos ou fazer de Gramado a primeira cidade preocupada com carros elétricos e a sustentabilidade”, revela Jefferson.

Arte a partir de sucata automotiva

A ex-designer de jóias Amanda Schommer também esteve presente ao evento de Gramado. Ela própria conta por que trocou o trabalho com ouro pela arte com peças automotivas. “Quando se trabalha com ouro sempre se trabalha nos detalhes, coisas pequenas, com cuidado. E estas obras me permitem ousar, torcer, pintar, brincar com metal”, explica.

Segundo a artista de 35 anos, o foco do trabalho é a sustentabilidade. “As peças são feitas a partir de lataria. Capô, portas e peças variadas. Coisas que encontro em depósitos, que vai ser lixo ou reciclado. E eu reaproveito em meus trabalhos”, sublinha.

O escultor Edu Mantovani é um dos artistas da galeria Arte 12B que também tiveram obras expostas no aniversário da Kia Sun Motors Gramado. Segundo Marina Dal Ponte, diretora da galeria Arte 12B, de Gramado, conta que foi convidada pela Sun Motors e trouxe trabalhos “um pouco dentro dessa linha mais reciclável. Focamos em obras que têm essa tendência um pouco mais ambiental”.

Mantovani, por exemplo, é engenheiro mecânico que restaura carros antigos. Ele reaproveita o que sobra para fazer esculturas. “O corpo é uma mola, a cabeça é um parafuso, uma chave de fenda, chave de roda e assim vai”, diz Marina.

“Aproveitamos o link com a galeria e trouxemos também artistas que aplicam a sustentabilidade na tela. Um exemplo é a Marilene Zanchett, que pinta muitas bicicletas, dentro daquela ideia de deixar o carro em casa. Também produz imagens de pessoas caminhando, caminho a pé, na mesma ideia”, aponta.

Pintura e escultura focados em sustentabilidade

Saindo do segmento automotivo, mas sem esquecer a questão da sustentabilidade, Marina Dal Ponte também levou artistas como Oséias Leivas, cujas obras retratam o desmatamento das araucárias. “Existe lei lei que as protege. Pela regra, em um raio de 10 metros em volta delas não se pode construir, e aí o terreno fica inutilizado para construção. Só que aí ocorrem crimes ambientais, e o desmatamento acontece por envenenamento das raízes ou incêndio proposital para causar a morte da árvore. Este é o foco do trabalho dele”, conta.

A pintora Cassia Costa, por sua vez, traz trabalhos surrealistas. Ela trabalha com animais, natureza e construções em situações irreais.

Por fim, o também pintor Marcelo Hubner costuma pintar temas relacionados a flores. “Podem ser flores, buquês ou mesmo moças floristas, Bem ambiental, pintado de uma forma solta, com traços leves”, explica Marina Dal Ponte.

A Galeria Arte 12B

Localizada no centro de Gramado, próximo a Rua Coberta, a Galeria Arte 12B (https://www.galeriaarte12b.com/) fica aberta de segunda a sexta, das 10 às 18 horas. Aos sábados, das 09h30 às 13h30. A entrada é gratuita. “A arte tem que ser vista por todos”, destaca Marina.

Deixe uma resposta