Renault escolhe focar em projeto de marketing na Fórmula 1

Renault escolheu focar em projeto de marketing na Fórmula 1

Diretor da fabricante francesa diz que foi preciso deixar a Fórmula E para poder focar no projeto na maior categoria do automobilismo internacional

Apesar de a Renault ter desfrutado de êxito com sua equipe e.dams (três campeonatos), ela tomou a decisão de ceder à japonesa Nissan, sua parceira, a posição dos franceses para a temporada 2018/19 na Fórmula E. A Renault diz que foi preciso deixar a modalidade para poder focar em um único projeto.

Quando anunciou sua saída da categoria elétrica, deu a entender que foi por causa das ambições da Renault na Fórmula 1. Agora, Cyril Abiteboul, diretor da fabricante francesa, explicou o motivo do movimento.

“Não é uma questão de recursos. Podemos estar em ambos os esportes monetariamente, mas foi mais de uma perspectiva estratégica e de marketing”, disse o dirigente.

Focar internamente no projeto da F-1

Abiteboul ressaltou que é importante focar internamente nas operações da Fórmula 1. Isto em relação ao planejamento de marketing da equipe e não apenas em garantir maior aporte financeiro.

“Acredito que é importante do ponto de vista corporativo, para se concentrar”, ressaltou Abiteboul.

“Estamos na Fórmula 1 e amamos o esporte. Mas estamos também nele por outra razão – um projeto de marketing. Por isso, foi importante para se concentrar internamente, mas também fazê-lo em todos os mercados onde a Renault tem ativações”, completou o diretor.

A Renault está atualmente em sétimo lugar na temporada 2017 da Fórmula 1. Está cinco pontos atrás da Toro Rosso com duas corridas restantes no calendário. Ainda que tenha ficado surpresa com o desempenho deste ano, a equipe sediada em Enstone sofreu vários problemas de confiabilidade, o que custou uma posição melhor na classificação do Mundial de Constreutores.

A  equipe tem um objetivo de longo prazo para lutar pelas vitórias e pelo campeonato para 2020.

Vitor Pereira

Leia mais

F-E: Nissan assumirá lugar da Renault e.Dams na te... Renault e.Dams deixará categoria dos carros elétricos em 2018. Parceira Nissan vai estrear na Fórmula E quando o regulamento sofrerá alterações de chassi e bateria Parceiras desde 1999, Renault e Nissan trocarão de lugar a partir da temporada 2018/2019 da Fórmula E. Assim, a Nissan será a primeir...
Nissan começa sua história na Fórmula E Marca vai usar o campeonato dos elétricos para mostrar o lado da performance da sua Mobilidade Inteligente A equipe Nissan e.dams está dando a largada na competição 100% elétrica de rua, na 5ª temporada do campeonato ABB FIA de Fórmula E, que começa neste final de semana. O suíço Sébastien Bu...
Jornal Autos Giros – 77 – 17 de novemb... A linha 2019 do Jeep Renegade é a matéria principal do caderno Autos Giros desta semana. Confira outros destaques: - Salão do Automóvel Eletrificado: Confira as novidades zero emissão do Salão do Automóvel; - Hamilton herda vitória do GP do Brasil; - Alonso vai disputar as 500 Milhas de Ind...
Nissan inicia sua história na Fórmula E Sébastien Buemi, campeão da temporada 2015-2016 da Fórmula E, e Alex Albon vão pilotar os carros da equipe Nissan e.dams A Nissan fará sua estreia oficial nas pistas e iniciará uma nova parceria com a Royal Dutch Shell PLC nesta semana, durante os testes de pré-temporada do campeonato 100% elétri...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *