Com batida na largada, Hamilton fatura o tetra. Verstappen vence GP do México

Com batida na largada, Hamilton fatura o tetra. Verstappen vence GP do México. Foto: F1/Twitter

Britânico da Mercedes teve batida com Vettel na largada do GP do México, faz corrida de recuperação e chega em nono, o suficiente para conquistar o tetracampeonato da F-1

Não foi do jeito que ele queria. Mas bastou um nono lugar e o principal rival pelo título chegar em quarto para que Lewis Hamilton conquistasse o tetracampeonato mundial de Fórmula 1. Uma batida entre Sebastian Vettel e o próprio Hamilton na largada do GP do México, neste domingo (29), decidiu a temporada 2017 da mais importante categoria do automobilismo internacional.

A vitória no circuito Hermanos Rodríguez, na Cidade do México, ficou com o holandês Max Verstappen, da Red Bull. Os finlandeses Valtteri Bottas, em segundo, e Kimi Räikkönen, em terceiro, completaram o pódio.

Com os resultados da prova mexicana, o inglês da Mercedes tem 56 pontos de vantagem para o alemão da Ferrari. No entanto, como há apenas 50 pontos em jogo nas etapas do Brasil e de Abu Dhabi, Hamilton assegurou o título (333 x 277). Mas agora Vettel tem Bottas, companheiro de Lewis na Mercedes, em seu encalço na luta pelo vice. Com o segundo posto neste domingo, o finlandês chegou aos 262 pontos – apenas 15 atrás do alemão.

O brasileiro Felipe Massa chegou em 11º. O piloto da Williams vendeu caro a ultrapassagem de Vettel enquanto o ferrarista realizava sua prova de recuperação. Massa deu um “chega para lá” no alemão que, mesmo assim, conseguiu ultrapassá-lo. Apesar do momentâneo protagonismo, o brasileiro ficou fora da zona de pontuação. No campeonato, acabou sendo ultrapassado pelo companheiro de Williams, Lance Stroll. O canadense soma, agora, 40 pontos, contra 36 do brasileiro.

Resumo do GP do México

O GP do México foi praticamente decidido nos metros iniciais. Largando na pole, Vettel dava mostras de que iria sustentar a posição, mas foi ultrapassado por Verstappen. Com isso, Hamilton tentou passar por Vettel e os dois se tocaram. O alemão teve o bico da Ferrari #5 avariado, enquanto o inglês da Mercedes teve o pneu traseiro direito furado. Ambos foram aos boxes ainda na primeira volta. Os dois protagonistas do campeonato foram para o fundo do pelotão.

Vettel fez boa corrida de recuperação. Porém, precisava chegar em segundo ou vencer a prova para seguir vivo na luta pelo caneco. Não conseguiu. Quando ocupava já a quarta posição, o alemão perguntou para a equipe via rádio  quantos segundos estava atrás de Räikkönen, o terceiro. Como a resposta foi mais de 20 segundos, Vettel lamentou: “Mamma mia!”.

Despreocupado lá na frente, Max Verstappen venceu a prova praticamente de ponta a ponta. O holandês de 20 anos, mesmo tranquilo na primeira posição, atacava as zebras e fazia melhor volta atrás de melhor volta – às vezes, revezando com Vettel. Em determinado momento da prova, foi alertado pela equipe Red Bull para ter mais calma e diminuir um pouco o ritmo.

Outro destaque da corrida mexicana foi o desempenho da Force India. O francês Esteban Ocon finalizou a prova em quinto e o dono da casa Sergio Perez chegou em sétimo. Com isso, a equipe cor de rosa garantiu o quarto lugar no Mundial de Construtores com 175 pontos e não pode mais ser alcançada.

“Maneira horrível”

Depois do GP do México, Hamilton admitiu que o nono lugar não foi a melhor maneira de se conquistar um título mundial da F-1.

“Foi uma maneira horrível, para ser sincero. Mas o que posso fazer? Eu disse que na curva 1 não seria fácil. E não acho que fui muito agressivo ou algo parecido. Coloquei meu carro numa posição perfeita. Deixei muito espaço para o carro que vinha atrás”, comentou o novo tetracampeão.

O inglês também disse que a dificuldade do circuito tornou-se outro fator complicador para tentar a recuperação após perder várias posições depois da largada.

“Esta é uma pista muito difícil. Se não a pior. Então, tentar ultrapassagens foi um desastre. Mas sim, para ser honesto, os sentimentos estão bem misturados agora”, concluiu.

Mais vitorioso entre os britânicos

O quarto título de Hamilton o colocou como o britânico com o maior número de conquistas na F-1. Ele deixou para trás Jackie Stewart, que tem três títulos.

Assim, Hamilton igualou-se a Sebastian Vettel e ao francês Alain Prost em número de títulos. Ele só fica atrás de Juan Manuel Fangio, com cinco conquistas, e Michael Schumacher, com sete.

Lewis Hamilton foi parabenizado por muitas personalidades do esporte, como o brasileiro Neymar e o jamaicano Usain Bolt, multicampeão dos 100m rasos. O camisa 10 da Seleção Brasileira deixou um recado gravado no rádio da equipe Mercedes.

“Lewis, aqui é o Neymar. Estou muito feliz por você, irmão, pelos quatro títulos”, disse o craque do Paris Saint-Germain. Os dois são vistos frequentemente juntos em eventos pelo mundo.

A próxima etapa do Mundial de F-1 é o GP do Brasil, no dia 12 de novembro, em Interlagos (SP).

Resultado final – GP do México

Com batida na largada, Hamilton fatura o tetra. Verstappen vence GP do México. Foto: Reprodução

Leticia Senna

Leia mais

Ferraris batem na largada, Hamilton vence GP de Si... Vettel, Räikkönen e Verstappen se estranham na largada e abandonam. Hamilton aproveita confusão, vence GP de Singapura e dispara na liderança do Mundial de Fórmula 1 Sorte de campeão ou incompetência do principal adversário? Largando em quinto neste domingo (17), Lewis Hamilton disse que esperava...
Hamilton passeia em Silverstone e fica um ponto at... Britânico da Mercedes passeia em Silverstone neste domingo (16). Foi a quinta vitória dele no tradicional circuito. Lewis Hamilton soma 176 pontos contra 177 de Sebastian Vettel Como se dizia há alguns anos, Lewis Hamilton fez barba, cabelo e bigode no GP da Inglaterra de Fórmula 1 neste domingo ...
Vettel vence GP da Hungria e sai de férias com lid... Alemão da Ferrari fatura prova em Budapeste e amplia liderança do campeonato de F-1 para 14 pontos em relação a Lewis Hamilton. Vettel curte férias mais tranquilo Sebastian Vettel segue vivo na disputa pelo título do Mundial de Fórmula 1. O alemão comandou a dobradinha da Ferrari, venceu o GP da ...
Bottas vence GP da Áustria de ponta a ponta. Vette... Valtteri Bottas fez prova sem erros e com Vettel em sua cola no final do Grande Prêmio da Áustria. Massa larga em 17º e pontua Por Leticia Senna O GP da Áustria tinha tudo para repetir a loucura do Azerbaijão. Havia promessa de chuva, um punido Lewis Hamilton largando mais atrás no grid, Sebastian...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *