Caminhão autônomo desenvolvido no Brasil é destaque da Volvo na Fenatran

Caminhão VM Autônomo foi criado pela equipe de engenharia brasileira da marca com apoio da matriz sueca e é o principal destaque da Volvo na Fenatran

A líder no segmento de caminhões extrapesados do mercado brasileiro, trouxe uma série de novidades neste ano. No estande da Volvo na Fenatran 2017, 11 veículos demonstram a sua força e a confiança no Brasil.

Para começar, o modelo FH ganhou uma edição especial Performance Edition, dando inicio a comemoração dos 90 anos da Volvo Trucks.  “É uma série limitada de veículos exclusivos, repletos de novas tecnologias e com uma configuração única para celebrar esta data e o melhor caminhão do mundo”, diz Daniel Mello, gerente de marketing da Volvo no Brasil. Também está exposto um dos primeiros modelos de caminhões da Volvo, o Série 2, produzido em 1928.

O principal destaque da Volvo na Fenatran, contudo, é o inovador caminhão VM Autônomo. “Somos reconhecidos mundialmente por nossos produtos inovadores. Este é mais um lançamento de um veículo que vai revolucionar o transporte no agronegócio brasileiro, um dos mais competitivos do mundo”, declara Wilson Lirmann, presidente do Grupo Volvo América Latina.

Além disso, a marca também traz novidades em serviços. Exemplos disso são os novos Serviços Conectados e a Manutenção Inteligente Volvo.

Volvo do Brasil desenvolve primeiro caminhão autônomo do mundo Volvo

Desenvolvido pela Volvo do Brasil a partir de tecnologias disponíveis globalmente no Grupo Volvo, o novo VM Autônomo é o primeiro caminhão autônomo já testado em uma operação real. Vocacionado para os segmento sucroalcooleiro – cana-de-açúcar -, ele abre um novo caminho para o transporte pesado no Brasil e no mundo. Ele é uma das novidades mais importantes da Volvo na Fenatran.

“Esse caminhão veio revolucionar. Ele traz inovações tecnológicas adaptadas e customizadas para a colheita de cana”, explica Claudio Carreirão, gerente de projetos na Volvo do Brasil. Seu funcionamento é baseado em um sistema de posicionamento GPS avançado. Em tempo real, ele compara a posição onde o caminhão está em um determinado momento e com a posição pré-determinada onde ele deveria estar. “A partir disso ele movimenta o caminhão para a direita ou para a esquerda para colocá-lo na posição correta”, explica o executivo.

O segmento escolhido para desenvolver o primeiro caminhão autônomo foi o da cana-de-açúcar por que esta operação tem uma característica específica que torna bastante útil a “inteligência” deste sistema. “Quando você anda com o caminhão de cana no meio da colheita, é preciso evitar que as rodas co caminhão pisem a cana que foi colhida. Se acontecer isso, você perde produtividade e, na outra safra, a cana amassada não vai crescer”, conta Carreirão.

Segundo ele, é muito difícil, sem um sistema autônomo, que o motorista consiga dirigir o caminhão exatamente na estrada. “Na aplicação real, não existe uma maneira clara de o motorista ver exatamente onde é a estrada. É misturado, palha e cana. Por mais hábil que seja, o motorista não consegue ver onde tem que passar com exatidão”.

Motorista continua presente para fazer o transbordo da colheita

A autonomia do novo caminhão, porém, não elimina a necessidade do motorista. Carlos Carreirão explica o porquê. “Poderíamos fazer a automação completa? Que ele identifique que está cheio, vá até o caminhão para fazer o transbordo e retorne? Sim, mas onde está o valor agregado? É importante não fazer automação mais do que agrega valor. Isto tornaria o caminhão muito mais caro. E é fundamental tomar cuidado para não vender o molho mais caro que o peixe”.

Assim, quando o caminhão está cheio, e é momento para descarregar, o motorista volta a controlar o veículo. “Na medida em que o caminhão vai enchendo, num determinado momento o motorista tem que tomar conta. Ele assume o controle, leva até o caminhão até o transbordo e retorna para a sua posição ao lado da colheitadeira”, explica Carreirão.

O sistema inclui uma antena no veículo que lê a posição do GPS. Conta também com um tablet, que fica na mão do motorista, com a inteligência do software. Além disso, o sistema de direção do caminhão  é assistido e recebe as ordens do tablet.

O Volvo VM Autônomo começou a ser comercializado na Fenatran 2017. Dedicado para um segmento específico, ele só é fabricado sob demanda. Segundo Carreirão, A Volvo do Brasil já trabalha em planos de veículos autônomos em outras aplicações.

Série especial FH Performance Edition celebra os 40 anos da Volvo Trucks

Celebrando seus 90 anos, uma das estrelas da Volvo na Fenatran são os dois caminhões da Série Especial Performance Edition. “São dois veículos, e o nosso tema é a performance. Esta série inspirada na série sueca lançada no começo do ano. Ela traz ainda mais Economia de combustível, conforto e segurança, que são valores fundamentais da marca”, explica Carlos Paulin. engenheiro de vendas da Volvo Trucks do Brasil.

Serão apenas 40 unidades dos modelos FH540 6×4 e do FH460 6×2, que são dois caminhões rodoviários líderes do segmento de pesados no Brasil. Eles serão oferecidos nas cores especiais azul e prata. Externamente, a cabine Globetrotter tem adesivos laterais ao longo de toda a porta e avançando nas carenagens. O visual mostra faixas azuis e amrelas em referência a bandeira da Suécia, país da Volvo. “É um FH personalizado, com muita tecnologia e um visual ainda mais moderno”, observa Álvaro Menoncin, gerente de engenharia de vendas da Volvo do Brasil.

Volvo apresenta primeiro caminhão 6×4 que vira 4×2

Outra novidade da marca sueca no Brasil é o novo caminhão FH com suspensor. Com configuração original 6×4, ele é capaz de levantar o segundo eixo de tração, se tornando 4×2. “Isto resulta em economia de combustível, menor raio de giro, economia de pneu. É uma novidade interessante para transportadores que trabalham com fator de carga 50%, ou seja, vão carregados e voltam cheios, por exemplo”, destaca Paulin O modelo já havia sido lançado durante o ano, mas está presente no estande da Volvo na Fenatran.

Marca sueca inova com a Manutenção Inteligente Volvo

Além de várias novidades em produto, a Volvo na Fenatran não esqueceu também do segmento de serviços, e trouxe à Fenatran uma novidade também nesta área: a Manutenção Inteligente Volvo. Com ela, o cliente recebe uma chamada da central de vendas quando for a hora de trocar óleo. O serviço agenda para o cliente na concessionária mais próxima.

“Esta solução é exclusiva para aqueles clientes que têm plano ouro e plano azul da nossa marca. Nosso objetivo é sempre melhorar disponibilidade física dos nossos caminhões. Afinal, o que importa é caminhão na estrada, caminhão rodando. É isto que dá resultado. No final das contas, o que a Volvo quer é o sucesso dos nossos clientes.””, frisa Paulin.

Volvo quer manter liderança no segmento de extrapesados nos próximos anos

Segundo Bernardo Fedalto, Diretor de Caminhões Volvo no Brasil, o mercado nacional de caminhões caiu mais de 70% nos últimos dois anos. Foram aproximadamente 50% em 2015 e 20% em 2016. “Este ano devemos fechar perto de zero, mas a expectativa é que em 2018 o crescimento seja entre 15% e 20%”, destaca.

Dos últimos seis anos, a Volvo Trucks foi líder no mercado brasileiro de extrapesados (acima de 45 toneladas) em cinco. Para Ferlato, isto é um “reconhecimento do mercado para a tecnologia Volvo. É por isso que nós sempre vamos trazer ao mercado brasileiro o que há de melhor. E isso não é de graça, mas é porque o nosso transportador está atualizado, gosta de tecnologia, sabe usar e precisa usar para ser competitivo”.

Segundo ele a disputa para a marca sueca no Brasil não é por preço, mas por custo-benefício. “Nós sabemos que o nosso produto é o mais caro, nosso preço inicial é o mais alto. Contudo, no fim, o custo da tonelada transportada é o mais barato. E isto pela robustez, capacidade de carga e baixa manutenção dos nossos veículos”.

UPDATE: 19/10updatesssssssssss – Presença da Volvo na Fenatran supera expectativas

Sobre a Fenatran, Fedalto afirmou, no penúltimo dia de feira, que o evento superou as expectativas da marca. “Achávamos que ia ser uma boa Fenatran, mas ela está melhor que a expectativa. Temos feito muitos negócios, e isso está nos dizendo que o mercado ano que vem vai ser melhor”. O executivo destacou, no entanto que, para isso, as variáveis macro precisam se manter estáveis. “Precisamos que a economia continue bem, que o PIB continue indicando números positivos e que os políticos não atrapalhem os empresários no trabalho com aquilo que conhecem”.

O diretor da marca no Brasil ressaltou que o mercado nacional vive de ciclos de longo prazo. Por isso, ele acredita que as montadoras precisam ir além dos produtos e serviços. “Sair do tradicional, que são manutenção e peças, que são muito importantes e vão continuar. Agora é o momento da conectividade. Na linha nova do FH nós trouxemos o veículo conectado. Estamos passando da era eletrônica para a digital no sistema de veículos. Passamos pela era mecânica, no princípio, recentemente pela eletrônica, e agora entramos na digital com o novo FH”, finaliza.

Leia mais

Otimismo é a palavra de ordem na Fenatran 2017 Principal evento de transporte e logística da América Latina, a Fenatran 2017 abre suas portas nesta segunda-feira (16) com muitas novidades e fortes apostas na retomada do setor a partir de 2018 A Fenatran 2017 - 21º Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas, abre suas portas nesta ...
Volvo inova com caminhão autônomo para coleta de l... Projeto inova ao mostrar como a automotização pode aprimorar condições de trabalho e reduzir impactos ambientais O Grupo Volvo e especialistas suecos em resíduos e reciclagem da empresa Renova estão testando o primeiro caminhão de coleta de lixo autônomo. O veículo tem potencial para uso em ambie...
Jornal Autos Giros – 22 – 28 de outubr... Nesta semana, o Jornal Autos Giros traz a cobertura do 21º Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas - Fenatran.
O Farroupilha – Especial Fenatran 2018 Nesta semana o Autos Giros destaca algumas das novidades que foram apresentadas no 21º Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas - Fenatran. Confira:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *