Ford e Google criam aplicativo para mostrar o perigo da distração ao volante

“Envolver-se em um acidente de carro é uma experiência que pode mudar a vida – e acabar com ela de forma trágica. Esperamos que, dando uma visão clara de como isso é fácil acontecer, possamos incentivar os jovens a dirigir com mais segurança”. A afirmação é do gerente do Programa de Educação no Trânsito da Ford Europa, Jim Graham, que indica a realidade virtual como um meio ideal de destacar os perigos na direção para os jovens condutores.

Com essa preocupação, a A Ford Europa criou um aplicativo de realidade virtual juntamente com o Google e o estúdio Happy Finish para alertar sobre os riscos da distração ao volante. Destinado principalmente aos jovens, o Ford Reality Check é o primeiro app a utilizar a plataforma Google Daydream VR para colocar a pessoa no papel de um motorista que pega os amigos a caminho de uma festa.

No trajeto, o condutor do carro é atraído por diversas distrações que disputam a sua atenção, como mensagens instantâneas, ligações no celular e conversa com os passageiros, criando uma série de situações perigosas que terminam em um acidente fatal. “Estudos mostram que experiências de imersão em mundo virtual também podem influenciar comportamentos no mundo real”, salienta Graham.

A Google Daydream usa um smartphone compatível, um headset leve e um controlador de mão. O Reality Check monitora todo o tempo em que o motorista ficou sem olhar para a pista e exibe o total no final. O smartphone na mão do motorista também funciona como elemento interativo: um controlador portátil espelha os seus movimentos no ambiente virtual, aumentando a sensação de realismo.

O aplicativo é o primeiro produto do Daydream voltado à educação de jovens condutores. “A colaboração criativa da Ford com suas agências parceiras e o Google Zoo (centro criativo do Google para marcas e agências) deu origem a um projeto educacional relevante, capaz de salvar a vida de muitos jovens”, explica Steve Paler, do Google.

Nos testes iniciais, 90% dos que experimentaram a tecnologia disseram que vão mudar seu comportamento na direção. “Com o Ford Reality Check, criamos um ambiente seguro onde se pode falhar e aprender”, afirma Daniel Cheetham, do Happy Finish. “Uma coisa é mostrar um filme educacional para jovens motoristas. Outra, é mergulhá-los inteiramente nessa realidade. Temos certeza de que todos os motoristas vão se beneficiar dessa experiência”, completa.

O grande número de jovens mortos em acidentes de trânsito – que só na Europa chega a 3,6 mil por ano, sendo dois terços motoristas – motivou a criação do aplicativo para incentivar hábitos de direção mais seguros. O novo app será usado inicialmente em programas educativos da Ford na Europa, e a expectativa é que futuramente esteja disponível no Google Play Store.


Rosangela Groff é jornalista e atua há mais de 10 anos na área automotiva. É editora do caderno Carros & Motos do jornal Correio do Povo, um dos mais tradicionais do Rio Grande do Sul, com mais de 120 anos de existência. Também edita conteúdo impresso e on-line no segmento de autopeças para entidades do setor.

A coluna Auto Performance é veiculada todas as quartas-feiras e aborda os mais diversos temas do setor, desde as estratégias de mercado das marcas até as novas  tecnologias que equipam os veículos.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: