Sainz estreia na Renault no GP dos Estados Unidos

Sainz estreia na Renault no GP dos Estados Unidos. Foto: Divulgação

Substituição na área: Carlos Sainz vai para a Renault e estreia no GP dos Estados Unidos no dia 22. Palmer está fora

Durante o fim de semana do GP do Japão, disputado no domingo (08), tornou-se público que Carlos Sainz Jr. assumirá o cockpit da Renault. O espanhol vai ocupar a vaga do britânico Jolyon Palmer na equipe francesa já no GP dos Estados Unidos. O considerado “normal” em casos como esse, seria Sainz ir para a Renault apenas em 2018.

Porém, a Renault – insatisfeita com o desempenho de Palmer – se antecipou e anunciou a presença de Sainz já na corrida de Austin (Texas) no dia 22 deste mês. No GP da Malásia, o diretor da Renault, Cyril Abiteboul, criticou muito o inglês, 15º na ocasião.

“Jolyon estava em um ritmo similar ao de Nico (Hülkenberg) antes de ter rodado duas vezes. Ele perdeu algumas posições. E, no fim, levou a um resultado ruim”, disparou o dirigente.

Palmer confirmou a despedida em Suzuka. O inglês gravou um vídeo no fim de semana, agradecendo à equipe, sem reclamações. Com somente oito pontos no campeonato, ele admitiu que sua temporada foi ruim. E comentou ainda não teve tempo para pensar o que fará no futuro.

“É hora de dizer adeus. Foram três anos no time! Tenho grande agradecimento a fazer ao pessoal da garagem. Eles tiveram que reparar meu carro algumas vezes nessa temporada. E sempre com um sorriso no rosto. Aos engenheiros também, com quem tenho uma ótima relação. É uma pena que não deu certo, mas não posso culpá-los. Houve coisas que não posso controlar, mas eu gostaria de melhorar também”, disse Palmer.

Sainz se despede da Toro Rosso com rodada em Suzuka

Carlos Sainz se despediu da Toro Rosso não da maneira com que sonhava. Na primeira volta do GP do Japão, o espanhol teve um pneu furado, rodou sozinho na pista e bateu na proteção do muro. Acabava ali sua jornada com a equipe satélite da Red Bull.

“Que decepção. Não era assim que eu queria acabar minha trajetória na Toro Rosso. É uma pena, porque queria muito ter um bom resultado para a equipe em Suzuka. Peço desculpas à equipe pelo erro de hoje (domingo). Não queria acabar assim”, lamentou o espanhol.

Leticia Senna

 

 

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: