Penske confirma saída de Helio Castroneves da Indy

Penske confirma saída de Helio Castroneves da Indy. Foto: IndyCar

Brasileiro Helio Castroneves vai disputar em 2018 o IMSA, categoria de protótipos norte-americana em novo projeto da equipe de Roger Penske

Agora é oficial. A equipe Penske oficializou, nesta quarta-feira (04), a saída do brasileiro Helio Castroneves da Fórmula Indy em tempo integral. O piloto vai juntar-se ao novo programa da Acura Team Penske que começa na temporada 2018 do IMSA WeatherTech SportsCar – principal categoria de endurance norte-americana.

Castroneves terá como companheiros de time o colombiano Juan Pablo Montoya e o norte-americano Dane Cameron em um dos dois carros Acura ARX-05 Daytona Prototype International (DPi). O protótipo faz parte do projeto da equipe para a próxima temporada.

Será o fim de uma era. Helio Castroneves é um dos mais longevos pilotos em uma categoria de monopostos do automobilismo mundial. O paulista de 42 anos estreou em 1998, quando a categoria era controlada pela CART (Championship Auto Racing Teams). Na ocasião, ele defendeu a equipe Bettenhausen. Desde 2000, Helinho, como também é conhecido no Brasil, corre pela Penske.

A entrada de Castroneves na equipe foi um lance do destino. Em 1999, o canadense Greg Moore havia assinado contrato com o time de Roger Penske para disputar a temporada 2000. Porém, o piloto de 24 anos na época morreu em acidente no circuito oval de Fontana – última etapa daquela temporada. Helio, então, foi o escolhido para substituir o falecido piloto. O brasileiro permaneceu até 2017.

Vice-campeão em 2002, 2008, 2013 e 2014, Helio Castroneves tem 30 vitórias, subiu ao pódio em 91 ocasiões e é dono de 57 poles position. Apesar do ótimo cartel, o piloto brasileiro jamais venceu um campeonato. Mas ganhou as tradicionais 500 Milhas de Indianápolis por três vezes: em 2001, 2002 e 2009. Este ano, acabou com três anos de jejum sem triunfos no GP de Iowa, disputado em julho.

“Sou um cara sortudo por ter alcançado a maior parte dos meus objetivos pessoais com a Penske ao longo dos anos. Ajudar Roger, a equipe e todos com a Acura a começar este programa e construí-lo desde o início vai ser outro grande desafio. E também uma ótima oportunidade na minha carreira. Estou orgulhoso de tudo o que conseguimos juntos na Indy. Agora estou concentrado em ajudar a desenvolver o ARX-05 para tentar vencer as 24 Horas de Daytona e o SportsCar em 2018 com a Acura”, aposta Helinho.

Helio Castroneves vai disputar a Indy 500 em 2018

Apesar de não disputar mais uma temporada completa da F-Indy, Helio estará presente na edição 2018 das 500 Milhas de Indianápolis.

“Também estou empolgado por ter uma chance de correr novamente com a Penske na Indy 500. Essa corrida está em meu coração. E tentar ser o quarto piloto a vencer quatro vezes é algo que quero muito alcançar na minha carreira. Chegamos tão perto nos últimos anos. E, com esta equipe, sei que teremos uma ótima oportunidade para fazer algo histórico”, disse o piloto.

Leticia Senna

Deixe uma resposta