Duas letras e luxo ao extremo: Lexus LS

Por Paulo Rogério

Marca de luxo, a Lexus busca uma atuação mais forte no mercado brasileiro e já sabe até de que maneira. O LS é o nome que a montadora quer ver fortalecido para que o crescimento aconteça de modo mútuo. A quinta geração do modelo traz uma identidade mais forte por dentro e por fora. Projetado para ser o representante global da marca, o LS 2018 estará a venda no Brasil a partir do segundo trimestre do ano que vem.

“Não somente o LS simbolizará a marca Lexus, mas também se tornará o carro definitivo da nova geração, incorporando a tradição e a cultura japonesas”, disse Toshio Asahi, engenheiro chefe do novo LS. “Como tal, este pináculo global deve ir muito além do que o mundo espera de um carro de luxo”.

Mais longo e mais baixo do que o modelo que substitui, o novo LS estreia um desenho com silhueta semelhante à de um cupê. Uma das grandes novidades é a nova plataforma global para veículos de luxo, chamada GA-L. Ela oferece uma experiência de condução mais dinâmica.

Os projetistas da Lexus aproveitaram ao máximo a nova plataforma, com seu perfil mais baixo. Em comparação com o LS que está saindo de linha, o novo modelo é cerca de 1,5 cm mais baixo, com capô e o porta-malas aproximadamente 3,0 e 4,0 cm mais baixos, respectivamente.

O design da grade dianteira tem estilo “Spindle Grill”, com textura que parece mudar conforme a luz. O farol conta com três projetores estreitos e se mescla a um farol de LED em L que envolve a lateral. O LS 2018 conta com rodas de 20 polegadas. A distância de 3,12 metros entre os eixos é 3,3 cm mais longa do que a do modelo anterior.

Na questão da segurança, o LS oferece controles de tração e estabilidade, direção elétrica e com taxa de câmbio variável, além de direção traseira dinâmica.

A versão híbrida do LS 2018 adota uma abordagem completamente diferente do modelo anterior. O novo sistema Multi Stage Hybrid, que estreou no LC 500h, combina um motor a gasolina V6 de 3.5 litros Atkinson aspirado com dois motores elétricos e usa uma bateria compacta e leve de lítio-íon. O sistema garante um amplo torque em toda a faixa de velocidade do motor, capaz de gerar 359 cv de potência e permite ao LS 500h acelerar de 0 a 100 km/h em 5,1s.

O novo sistema baseia-se na transmissão planetária contínua controlada eletronicamente do Lexus Hybrid Synergy Drive acoplada a um novo conjunto de engrenagens automáticas de quatro velocidades. Os dois sistemas trabalham em conjunto para expandir a gama geral de engrenagens e aumentar a operação do motor V6 em uma faixa de velocidade mais ampla.

No modo M, os dois conjuntos de velocidades são controlados em conjunto para proporcionar o efeito de 10 marchas. O sistema Multi Stage Hybrid permite mais assistência elétrica em velocidades mais baixas e permite que o LS 500h funcione com o motor a gasolina desligado para distâncias curtas a velocidades de até 140 km/h.

Os novos assentos dianteiros contam com 28 modos de ajuste diferentes; aquecimento e massagem estão incluídos. Dois aquecedores localizados nas áreas do ombro e da parte inferior das costas, aquecem essas áreas sem aquecer o corpo inteiro de uma pessoa.

Leia mais

Lexus. Precisava mais? Lexus. Falou nesse nome, pensou em luxo. Trata-se da marca super hiper top ultra megalo do Grupo Toyota. Então os caras fazem jus ao nome e trazem para o Brasil o LS 500h. E falam em revolução no portfólio global, como se a marca precisasse disso. Já que  negócio é glamour, o LS 500h recebeu apri...
Mundo Premium | BMW M5, estilo de vida Tenho o mais profundo respeito pelos profissionais do life style, mas não me considero um deles. Não tenho o estilo. Pode até ser que alguém ache o contrário. Se eu fosse do life style soltaria neste momento um “geeeeeeente, eu pilotei um BMW M5!!!”. Falo a mesma frase de outra maneira e ela cont...
A bordo do BMW X2 A BMW jamais me convida para lançamentos dos seus produtos. E não me pergunte causa, motivo, razão ou circunstância porque, sinceramente, não sei. Fato é que em todos esses anos nesta indústria vital meu contato com a marca se resumiu a duas edições do Salão do Automóvel de São Paulo (ninguém me bot...
SUUUUUUCESSO!!! Para ser eleito Carro do Ano na Europa, algum mérito é necessário. Então podemos dizer que o Volvo XC40 tem lá suas qualidades. "Ah, mas esse prêmio foi de mil novecentos e carros com quatro marchas", diria o chato. Não, meu nobre corvo, o prêmio foi entregue em março deste ano. Alguns méritos po...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *