Marcopolo fornece ônibus para transporte escolar em Barueri (SP)

Marcopolo

Veículos Marcopolo serão utilizados para transportar aproximadamente 6.300 alunos.

A Marcopolo irá fornecer novos ônibus para serem utilizados no transporte de estudantes. Os veículos são destinados para estudantes da rede pública do município de Barueri-SP. Os modelos Sênior Escolar e Torino foram entregues para a operadora JTP transportes. A mesma foi ganhadora da licitação e deverão atender aproximadamente 6.300 alunos.

Segundo o diretor de operações comerciais e marketing da empresa, Paulo Corso, o investimento no transporte escolar é fundamental para o país. E com a iniciativa da Prefeitura de Barueri, deve servir de exemplo para outros municípios. “A JTP transportes optou por adquirir ônibus novos, que vão oferecer ainda mais segurança e conforto. O edital permitia a utilização de modelos com até dois anos. Outros destaques são a preocupação da prefeitura com a exigência de veículos da categoria M3, a formação e treinamento de condutores, e de monitores no interior, para garantir segurança extra no embarque e desembarque e também a boa conduta dos alunos durante os trajetos”, afirma o executivo.

Marcopolo: Transporte com segurança e rápida manutenção

O Marcopolo Sênior Escolar foi projetado para proporcionar mais conforto e segurança para os estudantes. Com manutenção mais fácil e menor custo operacional para o frotista. Equipado com chassi Volkswagen 9.160, tem capacidade para transportar 34 alunos. Já os ônibus Marcopolo Torino têm chassi Mercedes-Benz OF 1519 com capacidade para 44 jovens. Todos os veículos contam com poltronas estofadas com encosto alto e cintos de segurança retrátil, sistema de ar-condicionado e itinerário eletrônico.

Internamente, os ônibus contam com suporte para guardar mochilas e materiais escolares sob os assentos, delimitação para a abertura das janelas em até 100 mm e sinal sonoro na porta dianteira. Os modelos permitem fácil acesso aos componentes mecânicos, tornando mais rápida a manutenção e diminuindo o tempo fora de operação.

Tyane Leal

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: