Endurance: Marcel Visconde e Ricardo Maurício vencem as Três Horas de Santa Cruz do Sul (RS)

Endurance: Marcel Visconde e Ricardo Maurício vencem as Três Horas de Santa Cruz do Sul (RS). Foto: Dudu Leal/MS2

Mais líderes do que nunca, a dupla da Stuttgart Motorsport conquistou a terceira vitória na temporada 2017 nas Três Horas de Santa Cruz do Sul

A cidade de Santa Cruz do Sul (RS) foi palco, no último sábado (19), da quarta etapa do Campeonato Brasileiro e Gaúcho de Endurance DOPAMINA, disputado no Autódromo do município do interior gaúcho.

Foram três horas de corrida de muitas ultrapassagens, boas disputas e troca de posições da largada até a bandeirada. Vinte e cinco carros alinharam no grid.  Líder da competição e vencedor das duas últimas etapas em Curitiba (PR) e Interlagos (SP), Ricardo Maurício, o pole da etapa, foi o responsável por largar. Contudo, na primeira curva, foi ultrapassado por Stuart Turvey (Scorpion #37), que pulou na frente depois de largar na sexta posição.

Mas, no final, nada tirou o brilho e mais uma vitória do bicampeão da Stock Car e de seu companheiro de equipe, Marcel Visconde. Com a terceira vitória consecutiva, Visconde e Maurício abriram uma vantagem ainda maior na competição.

“Não esperávamos ter uma corrida tão tranquila aqui em Santa Cruz do Sul. Aconteceram os incidentes normais de qualquer corrida. Mas nada que colocasse nosso resultado em risco”, vibrou Visconde após o triunfo nas Três Horas de Santa Cruz.

“Estou contente porque nosso carro atual, o 911 GT3 R, nunca havia andado aqui. Tivemos um ótimo desempenho em uma pista que exige muito do conjunto e do piloto. O Ricardo conhece bem este traçado. Mas eu só havia corrido em Santa Cruz uma vez, há dez anos, com um Porsche 911 GT3 Cup. Era um carro totalmente diferente do de hoje”, finalizou o piloto.

Na categoria P2, a primeira colocação e vitória do ano foi de Henrique Assunção e Fernando Ohashi (MRX #75). O pódio foi completado por Cali Crestani (Tornado #03) e a dupla formada por Aldoir Sette e Marcelo Campagnolo (MRX #07). Com o terceiro posto, eles assumiram a liderança da categoria.

Marcelo Vianna e Julio Martini (Tubarão #69) conquistaram a quarta vitória da temporada e garantiram o título de Campeões Brasileiros com duas etapas de antecipação na categoria P3. Marcelo Giacomello, Matheus Stumpf e Renato Stumpf (MRX #08) ficaram em segundo. Rafael Simon e Gustavo Simon (MRX #58) foram terceiro.

“Ganhamos o título após quatro etapas perfeitas. Está sendo um campeonato dos sonhos, uma vez que vencemos todas as corridas do calendário até aqui”, disse Vianna.

Endurance: Marcel Visconde e Ricardo Maurício vencem as Três Horas de Santa Cruz do Sul (RS). Foto: Dudu Leal/MS2

“A corrida foi um pouco complicada no começo, pois perdemos algumas posições. Porém, como sempre, a equipe nos entregou um carro muito rápido, principalmente no miolo. Mantivemos um ritmo forte durante toda a prova. Quero agradecer a todos que participaram de alguma forma desse título. Ser campeão brasileiro é algo que vou guardar para a vida toda”, comemorou o jovem paulista.

A GT1 teve no lugar mais alto do pódio Humberto Giacomello e Andre Senger (Sonic #17), seguidos por Paulo Rutzen, Gustavo Martins e Vilson Jr. (Lamborghini #46) e da dupla Carlos Kray e Ricardo Mendes (Ferrari #155).

“Nossa tomada de tempo foi muito ruim por conta de um problema na caixa de câmbio, o que fez com que o início da prova fosse difícil. O carro é muito regular e consistente, além de ser constante a prova toda. Isso faz a diferença na longa duração e nos fez buscar a vitória”, comentou Senger.

Na GT2, a primeira colocação foi de Arthur Caleffi e Claiton Krause (Volvo #39). Na T, Ricardo Terres e Juarez Terres (Gol #88) venceram.

A quinta etapa do Brasileiro de Endurance será disputada no Autódromo do Velo Città, em Mogi Guaçu (SP), no dia 23 de setembro.

Resultado Final – Três Horas de Santa Cruz

1) Marcel Visconde/Ricardo Mauricio (Porsche #20 ‒ categoria GP1), 112 voltas em 3h25min278

2) Nilson Ribeiro/José Roberto Ribeiro (MRX #65 ‒ GP1), a 40s407

3) Emílio Padron/Fernando Fortes (MR18 #117 ‒ GP1), a 2 voltas

4) Daniel Claudino/Ian Ely (MCR #71 ‒ GP1), a 3 voltas

5) Marcello Sant’Anna/William Freire (Lamborghini #31 ‒ GP1), a 3 voltas

6) Henrique Assunção/Fernando Ohashi (MRX #75 ‒ P2), a 4 voltas

Melhor volta: 20-Marcel Visconde/Ricardo Mauricio (Porsche 911 GT3 R), 1min18s178, média de 162,6 km/h

Pole position: 20-Marcel Visconde/Ricardo Mauricio (Porsche 911 GT3 R), 1min17s049

Leticia Senna

Deixe uma resposta