Pedro Piquet corre “em casa” na FIA Fórmula 3 em Zandvoort

Pedro Piquet corre "em casa" na FIA Fórmula 3 em Zandvoort. Foto: Divulgação

Tradicional autódromo de Zandvoort, na Holanda, fica próximo à oficina do time do piloto brasileiro

Se há uma etapa caseira para Pedro Piquet na FIA Fórmula 3 Euro, esta é a de Zandvoort, na Holanda. O desafio deste fim de semana será no tradicional circuito holandês. Zandvoort está localizado a cerca de 85km da oficina da equipe Van Amersfoort. E também está a 30km de Amsterdã, onde vive o piloto brasileiro.

Projetado em 1948 pelo arquiteto John Hugenholtz, o mesmo de autódromos como Suzuka (Japão), Zolder (Bélgica) e Jarama (Espanha), o circuito de Zandvoort foi considerado por muitos anos um dos mais técnicos do mundo. Ele tem curvas de diferentes raios e variações de altura pelas dunas próximas ao Mar do Norte.

Hoje, uma parte do circuito original ainda é preservada. É o trecho que vai da reta dos boxes, passa pela famosa curva Tarzan, e as primeiras sete curvas. Com a compactação do terreno do autódromo, um novo traçado foi desenhado em 1995 com um miolo mais lento, passando a 4,3km.

Pedro Piquet corre "em casa" na FIA Fórmula 3 em Zandvoort. Foto: Divulgação

Histórico da família Piquet em Zandvoort

A família Piquet tem história em Zandvoort. Nelson Piquet venceu o GP da Holanda de 1980. O tricampeão também é o dono do recorde do antigo – e veloz – traçado de 4,2km, com 215 km/h de média em 1985.

Aliás, a semana também é especial para os Piquet pelo aniversário de 65 anos do tricampeão nesta quinta-feira (17). Pedro espera presentear o pai com mais um bom resultado na temporada. Em 2017, Pedro Piquet pontuou em cinco das seis rodadas triplas. Ele tem um segundo lugar em Norisring (Alemanha) como melhor resultado.

O brasileiro já competiu em Zandvoort na temporada de 2016. Agora, o piloto espera aproveitar o aprendizado para marcar pontos nas três provas do fim de semana. Os treinos começam nesta sexta (18), com a primeira corrida sendo disputada no sábado. As duas demais provas serão realizadas no domingo.

“Estou bastante animado para a etapa de Zandvoort. É um dos circuitos mais difíceis de se ultrapassar no campeonato. Então, a classificação é mais importante do que nas outras pistas. Vou focar bastante para acertar as curvas de alta velocidade, já que é a pista mais desafiadora da temporada nesse ponto, com uma carga aerodinâmica muito alta. Estou fazendo simulador essa semana na fábrica da equipe, que é pertinho da pista e quinta-feira já vou para a pista”, promete o piloto.

O site da categoria transmite as três baterias ao vivo (www.fiaf3europe.com).

Leticia Senna

Deixe uma resposta