Homenagem aos pais em alta velocidade no Gaúcho de Marcas 1.4

Homenagem aos pais em alta velocidade no Gaúcho de Marcas 1.4. Foto: Marcelo Matusiak/PlayPress

Corrida realizada no Autódromo de Tarumã  teve emoção na pista e o carinho nos boxes com aqueles que os ensinaram a paixão pelo automobilismo em etapa do Gaúcho de Marcas 1.4

Difícil encontrar um filho que não herde essa paixão do pai. No automobilismo, o gosto pela velocidade ultrapassa gerações. E, no Dia dos Pais, no domingo (13), houve fortes emoções na pista e abraço no pai, após a bandeira quadriculada.

A pista molhada no Autódromo de Tarumã, em Viamão (RS), foi o ingrediente a mais para os pilotos do Gaúcho de Marcas 1.4. Com 23 carros na pista, sobraram toques, escorregadas e brigas por posições. A primeira prova teve vitória de Rodrigo Ribas, com o Corsa #90, assediado o tempo inteiro pelos adversários.

“A pista estava muito difícil e mudando de condições em cada trecho. O asfalto esteve escorregadio demais. Só posso agradecer a equipe pelo carro muito rápido que me entregaram. Quero dedicar essa vitória ao meu pai”, disse o piloto.

Orgulhoso e feliz, o pai Luiz Carlos Ribas, agradeceu a homenagem e não se conteve em lágrimas ao abraçar o filho no Dia dos Pais.

“Estou muito feliz porque sei a força que ele fez para me dar esse presente. Ele deu uma aula de pilotagem, principalmente nas curvas de alta velocidade e com toda essa chuva”, comemorou.

O fim da primeira prova foi sob bandeira amarela, por causa de um acidente na Curva 9. Os envolvidos foram Thiago Messias, do Celta #111, e o Celta #10, de João Cardoso.

Homenagem aos pais em alta velocidade no Gaúcho de Marcas 1.4. Foto: Marcelo Matusiak/PlayPress

Mais homenagens no Gaúcho de Marcas 1.4

Na segunda parte da prova, o duelo pela vitória foi até a última curva. Eduardo Fuentes, com o Corsa 90, soube sustentar a pressão do Corsa #8 de Analino Sirtuli que fez excelente prova de recuperação. Na comemoração, a homenagem foi para o filho.

“Esse dia é muito especial. O meu presente é o meu filho. Ele me pediu hoje para ganhar essa prova e, vencer do jeito que eu venci, no meio de tanta gente, foi bom demais. Dedico ao Enrico, meu filho que vai fazer oito anos”, agradeceu.

Analino Sirtuli enalteceu o trabalho do adversário parabenizando-o pelo resultado.

“Ele (Fuentes) tem o domínio. Fiz uma pressão, mas não adiantou. Foi um belo espetáculo para quem veio a Tarumã e toda categoria está de parabéns”, afirmou o piloto.

Homenagem aos pais em alta velocidade no Gaúcho de Marcas 1.4. Foto: Marcelo Matusiak/PlayPress

O domingo teve a disputa também da Copa Classic e Copa Fusca. Roberto Lacombe, com um Gol, venceu na Classic a primeira corrida e Jorge Flores, com um Fusca, faturou a segunda prova. Entre os carros da Copa Fusca, o domínio foi de Moacir Fighera e Daniel Fighera em ambas as baterias.

Leticia Senna

Deixe uma resposta