A bordo do GLA

Por Paulo Rogério

Minha gente… Tá, ok, essa saudação não provoca as melhores recordações, mas é melhor, ao menos no caso deste colunista, que escrever “ai, gente que tudo!”. O caso é que aceleramos o novo Mercedes-Benz GLA 200. E o bichinho vem para incomodar o mercado premium. No melhor dos sentidos, é claro.

Para começo de conversa: a motorização começa com o turbo 1.6 litro com injeção direta de combustível e 156 cv (Style, Advance e Enduro) e vai ao 2.0 litros com 211 cv (250 Sport), ambos combinados à transmissão automática 7G-DCT com dupla embreagem. A direção é eletromecânica e as rodas são de 18″. Nós andamos na Advance, que em termos de GLA 200 tem mais itens que a Style e menos que a Enduro nos componentes de série. Motor, câmbio e rodas são os mesmos.

A Mercedes-Benz já queria que o carro fosse testado e fez o quê? Entregou a logística para a TSO, uma empresa especializada no assunto e que gosta de testar os carro à exaustão. O resultado foi um passeio entre São Paulo e a Praia de Camburi, em São Sebastião, com trechos urbanos e em rodovias como Imigrantes, Cônego Domênico Rangoni e Rio-Santos, em pistas duplas, simples, planas, subidas, descidas e 800 mil etcs. Cerca de 160 km de testes.

O GLA se comportou dentro do que se espera de um Mercedes-Benz. Exaurir o premium ou andar de um modo mais suave depende de quem o conduz. Na boa? Fizemos de tudo um pouco. É claro que, para cumprir as leis de trânsito e garantir a segurança não se abusa tanto assim do GLA, mas só para você ter uma ideia, ele chega aos 140 km/h sem o menor esforço.

Aí você vai para o modo Sport… Dá para ultrapassar os 180 km/h com um ronco 100% esportivo.

Mas um GLA não é só desempenho. Tem conforto também para qualquer ocupante. Isso sem contar a modernidade lá dentro, com diversos porta-objetos, ajuste eletrônico dos bancos frontais, Start & Stop, várias conexões USB, enfim. Tem ainda função Hold, que imobiliza o carro em paradas temporárias sem que o motorista precise manter o pé no pedal do freio. Ele conta ainda com espelhamento do celular no sistema multimídia.

Tudo isso (mas tudo isso mesmo) por R$ 175.900, valor da versão que aceleramos. A gama parte de R$ 158.900.

Leia mais

E é só o começo Galerinha que gosta de um vento dentro do carro e sensação de liberdade, a Mercedes-Benz traz um presentinho especialmente para vocês: o novo E 300 Cabriolet, já disponível nos concessionários brazucas. São quatro lugares no conversível, que inclui integração a smartphones e sistemas de assistência....
E não é pouca coisa Por Paulo Rogério Depois de um lançamento com direito a evento de apresentação e um test drive de mais de 300 km, imaginava-se que a Mercedes-Benz deixaria as novidades um tanto quanto de lado, até para dar ao mercado o respiro até acostumar-se ao novo GLA. Engano. Nem três semanas passaram e...
C de Classe Foi em agosto de 2014 que a Mercedes-Benz renovou por completo a Classe C. Trata-se de uma gama mais acessível aos clientes das marcas premium, com modelos que podem passar despercebidos pelas ruas e com preços que passam bem longe da casa do milhão. Acessível, porém classuda, como manda a filosofia...
Mundo Premium | Pena que não vem Linha A, linha Q. Quando você coloca uma dessas letras antes de algum número, é sabido que vem um bom produto da Audi. Com muita sofisticação e, em alguns casos, doses maiores de esportividade que, claro, sequer ousam se aproximar das letras RS. Com essas duas não há como competir, sobretudo na acel...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *