O concorrente francês

Foi uma semana um tanto quanto fora de qualquer rotina. Depois de ir a Belo Horizonte por razões particulares, seguimos direto para o Rio de Janeiro e, de lá, para Niterói, onde acompanhamos o lançamento do Renault Captur CVT. Voltamos à antiga capital federal para testarmos o novo Peugeot 3008 e, no retorno a São Paulo, aceleramos o Fiat Argo 1.0

Dos três produtos, o que mais se encaixa no universo premium é o 3008. Não somente pelo preço (R$ 135.990), mas por tudo o que oferece. Tanto que a marca francesa coloca o modelo em concorrência direta com nomes como Audi Q3, Honda CR-V, Hyundai New Tucson, entre outros. E com razão.

O design no 3008 deixa o SUV bastante luxuoso, sobretudo com o detalhe em preto na traseira e também com a disposição das luzes. As tais garras do leão (a Peugeot adora esse termo) estão evidentes nas lanternas traseiras. Lá dentro tem teto solar, ar-condicionado dual zone, um sistema multimídia interessante e bancos dianteiros que massageiam seus ocupantes. Sim, é verdade!! Os bancos têm uma função que fazem massagem em seus ocupantes. Além de tudo, aquecem ou esfriam, ao gosto de quem está sentado lá.

O sistema só não é completo porque falta um GPS integrado. Enfim, segue o jogo.

O motor é um absurdo em termos de desempenho. Na descrição, um 1.6 THP que parece fraco, maaaaaasssss…os 165 cv aparecem em sua totalidade quando necessário. Em uma reta plana é preciso verificar a velocidade antes que você atinja os 140 km sem perceber. Nas subidas o motor corresponde e ainda recebe a assistência das borboletas localizadas atrás do volante.

Esse motor é 100% a gasolina e não tem nada de beberrão. Mantivemos uma média de 10 km por litro durante o teste.

Em suma: se a Peugeot quer concorrer no segmento, tem produto para isso. A briga é boa e tem adversários fortes, mas a marca francesa tem argumentos bastante interessantes.

Leia mais

Então venha, 5008! A Peugeot marcou para a próxima semana o lançamento do 5008. Mas nós já vimos o SUV de sete lugares que vem uma categoria acima do 3008. Vimos e entramos. Foi durante a inauguração de uma concessionária da marca, em Santos (SP). Como a Peugeot não tem lá uma grande política de esconder seus produtos...
Mundo Premium | Entrou no sistema Uma marca que, só por ser citada, remete aos modelos de extremo luxo: Rolls-Royce. Fineza e história, pois, ao citar o nome da fabricante vêm a mente produtos com idade um tanto quanto avançada. É nesse ponto que a Rolls-Royce quer bater a partir de agora. Tanto que a marca anunciou a chegada do Cul...
A bordo do BMW X2 A BMW jamais me convida para lançamentos dos seus produtos. E não me pergunte causa, motivo, razão ou circunstância porque, sinceramente, não sei. Fato é que em todos esses anos nesta indústria vital meu contato com a marca se resumiu a duas edições do Salão do Automóvel de São Paulo (ninguém me bot...
Nunca é demais Nesta semana, o espaço dos automóveis top no Autos Giros fala sobre o prazer de dirigir um recentemente lançado SUV francês Outro dia falei sobre o Peugeot 5008 neste espaço. Era o lançamento do SUV de sete lugares que, por tecnologia e preço (R$ 154 mil) entra, sim, em um universo premium. Não h...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *