Porsche vence as 24 Horas de Le Mans. Nelsinho Piquet vai ao pódio

Porsche vence as 24 Horas de Le Mans. Nelsinho Piquet vai ao pódio. Foto: Porsche/Divulgação

Famosa prova de Endurance foi emocionante do início ao fim. Nelsinho Piquet foi ao pódio após finalizar em terceiro no geral

A Porsche venceu a 85ª edição das 24 Horas de Le Mans na classificação geral. Uma das provas de Endurance mais famosas do mundo foi disputada neste fim de semana, na França. Com uma recuperação espetacular durante a corrida, o carro #2, pilotado pelo alemão Timo Bernhard e pelos neozelandeses Brendon Hartley e Earl Bamber, teve problemas mecânicos durante a prova, mas conseguiu a vitória.

A boa notícia para o Brasil foi o pódio de Nelsinho Piquet na classificação geral com o terceiro lugar e segundo na categoria LMP2. Outro destaque foi a vitória de Daniel Serra na categoria LMGTE-Pro. Serra, que corre na Stock Car, pilotou o carro #97 da Aston Martin, ao lado dos britânicos Jonathan Adam e Darren Turner.

O segundo carro da Porsche teve muitas dificuldades, mas provou que nem sempre o favorito vence. A Toyota, mais uma vez, teve “azar” e três de seus carros não completaram a prova. A melhor colocação da montadora japonesa foi o nono lugar do protótipo #8 de Sébastien Buemi, Anthony Davidson e Kazuki Nakajima. Além disso, a Porsche sofreu com o abandono de seu protótipo #1 por falha na pressão de óleo. Sobrou para o carro #2 garantir mais uma vitória alemã no circuito de La Sarthe.

Foi o terceiro triunfo seguido da Porsche na categoria LMP1 em Le Mans. Não sem um pouco mais de drama. Antes do louros da vitória, o protótipo #2 teve problemas no sistema híbrido ainda na primeira parte da prova. Voltou em 57º lugar após longa parada nos boxes. Porém, o que parecia impossível aconteceu.

Na parte final da corrida, a potência do motor Porsche falou mais alto e Bernhard ultrapassou Ho-Pin Tung, que então liderava com o LMP2 #38, da equipe do ator Jackie Chan. O carro #2 ainda teve tempo de colocar uma volta em cima do segundo colocado. E completou a 19ª vitória da Porsche em Le Mans.

Nelsinho Piquet vai ao pódio

Porsche vence as 24 Horas de Le Mans. Nelsinho Piquet vai ao pódio. Foto: Divulgação

O filho do tricampeão de F-1 Nelson Piquet foi o melhor brasileiro na classificação geral e subiu ao pódio. O piloto da Rebellion Racing conduziu o protótipo #13 por 8h47min e chegou a liderar na classe. O trio formado pelo brasileiro, o suíço Mathias Beche e o dinamarquês Daniel Hansson-Heinemeier superou pit stops extras e uma punição para completar a prova.

Na penúltima hora, Nelsinho descontava a diferença para o protótipo #35 quando teve um contato com carro #49 na primeira chicane. Os comissários entenderam que Piquet causou o incidente. Ele foi punido com 10 segundos no pit stop seguinte. Mas no fim, Nelsinho conduziu o protótipo #13 a um excelente terceiro lugar na classificação geral e ao vice na LMP2.

Porsche vence as 24 Horas de Le Mans. Nelsinho Piquet vai ao pódio. Foto: Divulgação

“Foi uma corrida extremamente difícil. O começo foi muito bom, com uma estratégia perfeita da equipe. No meio da prova, houve alguns probleminhas no carro. Os pit stops foram difíceis, o motor de arranque parou de funcionar. Então, em todas as paradas nós demorávamos uns 20 segundos a mais. Tive de forçar muito no fim, o Mathias Beche passou mal, então tive de cobri-lo um pouco. No fim deu tudo certo!”, comemorou o brasileiro.

Saldo positivo para os brasileiros

Além do pódio de Nelsinho Piquet, Daniel Serra também fez bonito. Serrinha venceu na categoria LMGTE-Pro e foi o 18º colocado na classificação geral. Pipo Derani, guiando um Ford, terminou em segundo na mesma categoria de Serra.

Ainda na LMP2, André Negrão por pouco não chegou ao pódio. Mas os problemas no freio fizeram o brasileiro do carro #35 chegar em quarto na classe e quinto no geral.

Estreante, Rubens Barrichello terminou em 14º na geral e em 12º na categoria LMP2, à frente de Bruno Senna. O sobrinho de Ayrton Senna chegou a liderar boa parte da corrida, mas com problemas de câmbio, ele finalizou em 17º na geral e 15º na classe.

“Se fosse 12 horas de Le Mans, teríamos vencido”, lamentou Bruno Senna.

Também estreante em Le Mans, Tony Kanaan garantiu o sexto lugar na classe LMGTE-Pro e a 23ª colocação na geral. O baiano dividiu a pilotagem do Ford Ganassi com os experientes Joey Hand e Dirk Müller.

Leticia Senna

Leia mais

Alonso vence em estreia no WEC e volta ao topo do ... Fernando Alonso estreou no Mundial de Endurance com vitória nas 6 Horas de Spa, mesmo com uma ajudinha da Toyota. Espanhol quebrou um jejum de cinco anos sem vitórias. Bruno Senna chegou em terceiro Como esperado, a Toyota dominou as 6 Horas de Spa, disputadas na Bélgica neste sábado (05), pela a...
Nelsinho Piquet larga em quinto na categoria LMP2 ... Brasileiro está pronto para os desafios da prova de Endurance mais importante do mundo. Nelsinho compete na categoria LMP2 Nelsinho Piquet disputa pela terceira vez neste sábado (17) a mais tradicional prova de Endurance do mundo, as 24 Horas de Le Mans. Pela equipe Rebellion Racing, o brasileiro...
Ford GT defende título das 24 Horas de Le Mans com... Montadora terá dois brasileiros na prova de Endurance no circuito de La Sarthe, na França A Ford venceu as 24 Horas de Le Mans no ano passado com o novo GT. Agora, a montadora volta ao circuito de La Sarthe, neste sábado (17), para defender o título. Serão dois brasileiros na equipe: Pipo Derani ...
Bruno Senna prevê 24 Horas de Le Mans caótica Trio do brasileiro cumpre meta, bate russos e larga atrás apenas das Toyota neste sábado (16) A meta foi cumprida. Bruno Senna e seus companheiros, o alemão Andre Lotterer e o suíço Neel Jani, vão largar atrás apenas das Toyota oficiais de fábrica no grid da edição 2018 das 24 Horas de Le Mans, s...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *