Triumph anuncia Bobber, a mais leve das Bonneville

Com novo lançamento, fábricante inglesa inglesa quer expandir sua linha de motos clássicas

gMais conhecida no Brasil pelos modelos bigtrail, a Triumph aposta cada vez mais nos modelos clássicos. A fábrica abriu este mês a pré-venda da Bobber, modelo que faz parte da linha Bonneville. Assim como as irmãs, ela tem um bicilíndrico de 1200cc – conforma a fábrica inglesa, são 77 cavalos de potência a 6.100 rpm e torque de 10,8 kgf.m a 4.000 rpm.

A nova maquina conta com freios ABS, modos de pilotagem e controle de tração, além de embreagem assistida e uma série de acessórios, típicos de quem curte esse estilo de motocicleta. O peso de 228kg pode ser considerado baixo para a cilindrada. O câmbio é de seis marchas.

A palavra que dá nome na moto inglesa é, na verdade, um estilo com origens nos anos 30 nos Estados Unidos. Foi quando donos de veículos de duas rodas começaram a tirar peças pesadas (geralmente de Harley-Davidson e Indian) para que os modelos ganhassem mais força na arrancada. Com o fim da segunda guerra mundial, o movimento ganhou força.

Naquela época, o serviço era chamado de bob-job. Já nos anos 1950, caiu de moda. Nos anos 1990, porém, alguns motociclistas começaram a reviver o estilo e, nessa épocam criaram o nome bobber. Ninguém sabe ao certo a origem do termo, mas a explicação mais aceita é de que deriva de bob-tail, o ato de cortar parte do rabo de cães – os donos de moto tiram o para-choque dianteiro e reduziam o traseiro – taí a analogia.

 

A Triumph não divulgou preço do veículo. A tendência é de que seja um pouco mais caro que as tradicionais Bonneville, ficando entre R$ 48 mil e R$ 52 mil. Nas próximas semanas, a concessionária da marca em Porto Alegre deve receber os primeiros modelos.

Deixe uma resposta