Inteligência artificial: Honda acelera processo de inovação 

CES Asia 2017- Honda acelera processo de inovação aberta com o uso de inteligência artificial, big data e tecnologias robóticas. Foto: Divulgação

A marca vai apresentar um conceito de miniveículo elétrico automatizado, equipado com um mecanismo de inteligência artificial denominado “motor emocional”

A Honda Motor Co. fará uma exposição com foco no conceito de “Ecossistema de Mobilidade Cooperativa” em sua participação na CES Asia 2017. A feira de tecnologia e eletrônicos,  acontece em Xangai, na China, de 7 a 9 de junho.

Com isso, a Honda irá acelerar ainda mais os seus esforços de inovação aberta que utilizam inteligência artificial, big data e tecnologias robóticas para melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Inteligência artificial como conceito de um novo carro

A fabricante vai exibir uma variedade de itens em sua passagem pela China. A Honda incluirá em seu estande:

Honda NeuV: um conceito de miniveículo elétrico automatizado. Ele é equipado com um mecanismo de inteligência artificial denominado “motor emocional”. Isso permite que as máquinas gerem artificialmente suas próprias emoções;
Honda Riding Assist: uma motocicleta conceito autoequilibrável. Ela aplica uma tecnologia de controle de equilíbrio desenvolvida pela Honda por meio de pesquisas em robótica;
UNI-CUBβ: dispositivo de mobilidade pessoal equipado com um API (Interface de Programação de Aplicativos) compatível com ROS (sistema operacional de robô) que possibilita a operação remota do dispositivo;
Conceito Safe Swarm: proposta da Honda para promover um fluxo de tráfego suave usando tecnologias de conectividade;
LiB-AID E500: protótipo de um gerador de energia portátil equipado com uma bateria.

Em sua coletiva de imprensa, programada para o dia 7 de junho, a Honda ainda fará uma apresentação sobre como está imaginando o futuro e o direcionamento de seus esforços em inovação aberta nesse cenário para o mercado.

Redação: Letícia Mota 

Deixe uma resposta