Papa Francisco passará a usar carro 100% elétrico

O Papa Francisco usará como seu veículo oficial um Nissan Leaf, modelo 100% elétrico, durante um ano. A doação foi feita pela Wermuth Asset Management Gmb. A ação integra um projeto-piloto que visa demonstrar que essa tecnologia é boa para o ambiente e a economia.

A consultoria alemã também doou quatro estudos ao Papa. Eles abordam temas como transformar o Vaticano em um dos primeiros Estados do mundo a usar 100% de energias renováveis. Além disso, os documentos apontam como transformar o país sede da Igreja Católica em ambiente com 100% da mobilidade livre de emissões.

Papa dando exemplo

“O fato de o Papa Francisco começar a usar um carro 100% elétrico é uma ótima notícia. Assim ele estabelece um exemplo a ser seguido por outros chefes de Estado e qualquer pessoa no mundo. Hoje não é apenas moralmente correto, mas é também mais barato ter um carro elétrico. O Papa está partindo do compartilhamento de uma visão de mundo, através da Laudato Si, para a implementação da encíclica”, destacou Jochen Wermuth, Diretor de Investimentos da Wermuth Asset Management (WAM).

Mobilidade elétrica

“Com o projeto piloto que inclui o veículo 100% elétrico usado pelo Papa, esperamos demonstrar que a mobilidade elétrica agora não é apenas boa para o meio ambiente. O mundo está mudando e hoje isto também é uma questão de economia. Da mesma forma, apresentamos o estudo sobre como o Vaticano pode ser abastecido com 100% de energia renovável. Isto demonstra que isso não é bom apenas para o ambiente, mas é também viável e mais econômico”, ressalta.

Através do estudo apoiado pela The Mobility House sobre o uso de baterias de veículos elétricos para armazenamento de energia, a Wermuth pretende demonstrar como o Vaticano pode economizar com as baterias de carros elétricos fornecendo serviços de armazenamento de energia.

Deixe uma resposta