Toyota e Lexus são premiadas em estudo sobre confiabilidade da J.D. Power

A Toyota e a Lexus foram destaques no Estudo de Confiabilidade de Veículos realizado pela consultoria J.D. Power U.S. A marca de luxo Lexus, pela sexta vez consecutiva, ficou com a primeira colocação do ranking geral. A Toyota subiu da quarta colocação, em 2016, para a terceira neste ano.

Na lista geral, excluindo as fabricantes premium, a companhia se destaca como líder entre as demais montadoras.

Juntas, Toyota e Lexus levaram, ainda, 10 premiações nas 18 categorias de veículos avaliadas pelos indicadores da J.D. Power U.S. A consultoria norte-americana também premiou o sedã Camry com o título de veículo mais confiável.

Lexus

Além de ter atingido a maior pontuação no ranking geral, a marca de luxo da Toyota recebeu três prêmios de segmento. O sedã ES (acima) obteve a nota mais elevada na categoria “Premium Compacto”. O GS foi reconhecido no segmento “Premium Médio”, e o RX foi o mais bem colocado no segmento “SUV Médio Premium”.

Toyota

A Toyota ocupa o lugar mais alto entre as marcas não premium, recebendo sete prêmios de segmento. Dentro dos critérios, o Toyota Camry relatou o menor número médio de problemas por 100 veículos (PP100). Além disso, o modelo também foi o automóvel de melhor performance no ranking.

O Toyota FJ Cruiser liderou o segmento de SUV compacto e o Prius o segmento de carro compacto. Toyota Venza e Avalon receberam o prêmio de SUV médio e grande, respectivamente.

O Toyota Prius v (acima), versão elétrica do híbrido Prius, foi o mais bem pontuado no ranking de carros compactos de multiuso. O Toyota Sienna, por sua vez, foi o destaque na categoria Minivan.

Prêmio J.D. Power

O estudo conduzido pela J.D. Power U.S. levou em conta o número de problemas relatados por proprietários de veículos em seu terceiro ano de uso. O índice VDS (Estudo de Confiabilidade de Veículos) da J.D. Power considera que a durabilidade a longo prazo continua a ser fator preponderante para a compra do consumidor. O número de problemas que um proprietário experimenta afeta sua intenção de recompra e o valor retido de seu veículo.

Deixe uma resposta