GM e Honda se unem para desenvolver célula de combustível

GM e Honda se unem para desenvolver célula de combustível. Foto: Divulgação

A General Motors (GM) e a Honda anunciaram o estabelecimento de uma joint-venture. Trata-se da primeira união da indústria automotiva para a produção em massa de um sistema avançado de células de combustível de hidrogênio que será utilizado nos futuros produtos das duas marcas.

Denominada “Manufatura de Sistema de Células de Combustível, LLC” (Fuel Cell System Manufacturing, LLC), a nova empresa irá operar dentro da fábrica de baterias da GM em Brownstown, Michigan. A produção em massa está prevista para iniciar por volta de 2020 e gerar aproximadamente 100 novos empregos.

Honda e GM vêm trabalhando juntas por meio de um acordo de colaboração anunciado em Julho de 2013. A parceria estabelece um convênio de codesenvolvimento para a próxima geração de sistemas de células de combustível e tecnologias de armazenamento de hidrogênio.

As empresas integraram as equipes de desenvolvimento e compartilharam conteúdo de propriedade intelectual. O objetivo é criar uma solução comercial mais acessível para a tecnologia, bem como para sistemas de célula de combustível e armazenamento de hidrogênio.

“Nos últimos três anos, engenheiros da Honda e GM têm trabalhado como um time único. Cada empresa fornece seu conhecimento específico para criar a próxima geração de sistema de célula de combustível compacto e de baixo custo”, afirma Toshiaki Mikoshiba, diretor de operações da Honda para a América do Norte e presidente e CEO da Honda América do Norte.

A joint-venture será operada por um conselho de administração composto por três executivos de cada empresa. Além disso, o posto da presidência será rotativo, intercalado entre as empresas.

Liderança global

As duas marcas são líderes reconhecidas em tecnologias de célula de combustível com mais de 2.200 patentes. A GM e Honda aparecem no ranking como número 1 e número 3, respectivamente, em número de patentes de células de combustível registradas entre 2002 e 2015.

“A junção de dois líderes em inovação de célula de combustível é um importante desenvolvimento. Agora nos aproximamos de levar as células de combustível para as aplicações dominantes de propulsão”, diz Mark Reuss, Vice-presidente executivo de Desenvolvimento de Produto Global, Compras e Cadeia de Fornecedores da GM.

Célula de combustível

A tecnologia de célula de combustível aborda muitos dos principais desafios enfrentados pelos automóveis na atualidade. Entre eles estão dependência do petróleo, emissões, eficiência, autonomia e reabastecimento. Veículos a célula de combustível podem operar com hidrogênio produzido de fontes renováveis como eólica e biomassa. O vapor d’água é a única emissão de veículos desse tipo.

GM e Honda estão trabalhando para reduzir o custo de desenvolvimento e fabricação. Isto se dará por meio de economias de escala e fornecedores comuns. As duas empresas também seguem trabalhando junto a governos para avançarem na infraestrutura de reabastecimento, fundamental para a viabilidade a longo prazo dos veículos a célula de combustível, bem como a aceitação dos consumidores.

Honda Clarity Fuel abre caminho para o futuro da mobilidade. Foto: Divulgação

A Honda iniciou a entrega do novo Clarity Fuel Cell aos clientes japoneses e norte-americanos. O Clarity Fuel Cell recebeu a melhor avaliação em autonomia da Agência de Proteção Ambiental Americana (EPA). Isto entre os veículos elétricos sem motor à combustão. Sua autonomia foi de 589 quilômetros. Sua economia economia média de combustível foi de 109 quilômetros por litro do equivalente a gasolina.

GM e Honda já trabalharam juntas no desenvolvimento colaborativo de sistemas de propulsão. Em 1999 a Honda fabricou 50.000 motores V-6 para o Saturn VUE. Em contrapartida, a marca japonesa recebeu motores a diesel da filial da GM, Isuku, para uso na Europa.

Leia mais

Picape S10 Flex ganha câmbio automático na linha 2... A nova picape Chevrolet S10 Flex automática chega com consumo de combustível semelhante ao do modelo manual A Chevrolet está trazendo ao mercado a inédita versão automática da Chevrolet S10. A nova versão também se destaca pelo perfeito casamento entre o moderno motor 2.5 CIDI e a transmissão de ...
Corrida e caminhada na fábrica da GM em Gravataí j... As inscrições já estão abertas para o evento que acontece no próximo dia 23 de abril No próximo dia 23 de abril será realizada a 2ª Corrida e Caminhada Família Complexo Industrial Automotivo de Gravataí (CIAG). O evento começará às 09 horas, no Complexo Automotivo da fábrica da General Motors em ...
A construção de uma marca forte O Onix continua conquistando nichos de consumo no mercado automotivo, um dos mais competitivos do mundo. Foi o carro mais vendido no Mercosul nos últimos dois anos e segue líder em 2017. E isso já não é uma novidade para a Chevrolet, que lidera as vendas no Brasil desde outubro de 2015. E a marca es...
General Motors muda estrutura executiva na América... A General Motors América do Sul está reorganizando sua estrutura regional. A partir de agora ela contará com três unidades de negócios com efeitos imediatos. São elas: GM Mercosul, GM Andina e GM Central. As três unidades As operações da Argentina e Brasil serão consolidadas em uma unidade de negó...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *