Ford e Toyota se unem para padronização de aplicativos

Ford e Toyota se unem para padronização de aplicativos. Foto: Divulgação

A Ford e a Toyota anunciaram a formação do SmartDeviceLink Consortium. O objetivo da parceria é Trata-se de uma organização que vai gerenciar uma plataforma de software de código aberto para o desenvolvimento de aplicativos de smartphones para veículos. O objetivo é incentivar a padronização na indústria e dar mais opções de conectividade e controle para os consumidores.

O consórcio tem como primeiros membros as montadoras Mazda, Grupo PSA, Fuji Heavy Industries e Suzuki, além dos fornecedores Elektrobit, Luxoft e Xevo. As empresas Harman, Panasonic, Pioneer e QNX também assinaram cartas de intenção para participar.

O SmartDeviceLink

O SmartDeviceLink oferece fácil acesso a aplicativos de smartphones. Isto tanto por comandos de voz como pela visualização na tela do veículo. Uma plataforma de código aberto cria um padrão comum para fabricantes de automóveis e fornecedores.

Desta forma os desenvolvedores podem se concentrar em criar uma melhor experiência de conectividade. Como resultado, ela poderia ser usada por todos os fabricantes de automóveis participantes.

“Incentivar a inovação está no centro da decisão da Ford de criar o SmartDeviceLink. E este consórcio é um passo importante para alcançar esse objetivo”, disse Doug VanDagens, diretor global de Veículos e Serviços Conectados da Ford e membro do conselho do consórcio. “Com o aumento da parceria e engajamento dos desenvolvedores, os consumidores vão ganhar experiências inovadoras com aplicativos.”

Smart Device Link Logo

Shigeki Tomoyama, presidente da Toyota Connected Company, disse: “A conectividade dos smartphones com a interface do veículo é um dos serviços conectados mais importantes. Usando o SmartDeviceLink, podemos oferecer esse serviço aos nossos clientes de forma segura. Estamos empolgados em colaborar com muitos fabricantes de automóveis e fornecedores que compartilham da nossa visão.”

O SmartDeviceLink permite aos desenvolvedores integrar as funções dos aplicativos à tecnologia do veículo, incluindo a tela no painel, os controles do volante e o sistema de reconhecimento de voz. Com esse novo nível de integração, o motorista pode usar seus aplicativos favoritos no carro de forma mais fácil e avançada.

Aprimoramento de aplicativos

O trabalho conjunto dos desenvolvedores e montadoras vai contribuir para o aprimoramento do código aberto, aumentando a qualidade e a segurança do software para os usuários. A adoção do SmartDeviceLink em toda a indústria também dá aos desenvolvedores a perspectiva de maior escala para seus aplicativos, com a aplicação em milhões de veículos no mundo.

As empresas e fornecedores participantes poderão criar funções para atender as necessidades específicas dos usuários, mantendo ao mesmo tempo o controle sobre a quantidade de dados do veículo a que o aplicativo tem acesso.

A tecnologia SmartDeviceLink é baseada no software AppLink, que a Ford apresentou para a comunidade de código aberto em 2013. Hoje, esse software está disponível em mais de 5 milhões de veículos no mundo. A Toyota planeja lançar um sistema de telemática usando o SDL por volta de 2018.

Os usuários do Ford AppLink já têm acesso a aplicativos populares, como Pandora, Spotify, iHeartRadio, AccuWeather e outros. A Livio vai gerenciar o projeto de código aberto e fornecer orientações para o SmartDeviceLink Consortium e seus membros. Mais informações estão disponíveis no site SDL.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: