MAN anuncia maior ciclo de investimentos de sua história

MAN anuncia maior ciclo de investimentos de sua história. Foto: Divulgação

A MAN Latin America anunciou nesta quinta-feira (01) um novo ciclo de investimentos no Brasil. Totalizando R$ 1,5 bilhão, este é o maior programa da marca desde a construção da fábrica de Resende (RJ).

Os recursos serão investidos na constante renovação da linha de produtos e na busca de novos nichos de mercado. Além disso, a atualização das linhas de montagem da fábrica de Resende (RJ) também está no pacote. Por fim, o plano inclui ainda a expansão da marca VWCO no mercado internacional.

Ciclo de fé na economia

MAN anuncia maior ciclo de investimentos de sua história. Foto: Divulgação

“Mais uma vez, acreditamos na força da economia brasileira”, diz Andreas Renschler, CEO da Volkswagen Truck & Bus. “Não só nela, mas também na importância dos mercados emergentes. Isto está dentro da nossa estratégia de nos tornarmos líderes globais em caminhões e ônibus.” ressalta

O CEO e Roberto Cortes, presidente da MAN, estiveram em Brasília (DF) para anunciar os investimentos ao governo brasileiro. O encontro contou com a presença do presidente Michel Temer e do ministro do Desenvolvimento Indústria e Comércio, Marcos Pereira.

Números da MAN Latin America


Ciclos de investimento da MAN Latin America
1994-1999: construção da fábrica de Resende, lançamento de novos produtos
2000-2005: desenvolvimento dos caminhões Delivery e Constellation
2006-2011: lançamento dos caminhões MAN e tecnologia de emissões Euro 5
2012-2016: desenvolvimento de novos produtos, investimentos em manufatura
2017-2021: novos produtos e serviços, expansão internacional da marca VWCO

A empresa em números
35 anos de operações mundiais
20 anos da planta de Resende
13 anos consecutivos de liderança no mercado brasileiro de caminhões
12 anos de operações no México
11 anos de operações e sinergias na África do Sul

Resende em números:
1 milhão de metros quadrados de área total
148 mil metros quadrados de área construída
100 mil metros quadrados no parque de fornecedores
50 mil metros quadrados no centro logístico

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: